Remo perde para o CSA no Rei Pelé e segue ameaçado pelo rebaixamento na Série B

Foi a segunda derrota seguida do Leão Azul, que começa a se preocupar com a parte debaixo da tabela
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
O CSA bateu o Remo e complicou a vida do Leão na Série B (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Continua depois da publicidade

O Clube do Remo voltou a perder pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Atuando na tarde desta sexta-feira (5), o Leão Azul perdeu para o CSA (AL), por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e segue estacionado na 11ª posição, com 41 pontos, na tabela de classificação da competição nacional. A partida foi válida pela 34ª rodada, restando apenas quatro jogos para o time azulino, que segue ameaçado pelo rebaixamento.

Os gols da partida foram assinalados por Marco Túlio, de cabeça, após cruzamento de Iury Castilho, aos 27 minutos do primeiro tempo, e por Dellatorre que, também de cabeça, guardou o seu, depois do cruzamento de Clayton, aos 28 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o CSA chegou ao G4, ocupando o quarto lugar, com 54 pontos.

O Clube do Remo terá um duelo decisivo para as suas pretensões de permanecer na Série B na próxima terça-feira (9), às 19h, diante do Operário (PR), no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná. O encontro acontece pela 35ª rodada da competição nacional e, assim como o Remo, o Operário ainda luta contra o rebaixamento. O time paranaense é o 12° colocado, com a mesma pontuação do Leão Azul. 

O jogo: Leão estacionou na 11ª posição 

Precisando pontuar para se distanciar da zona de rebaixamento, o Remo foi para cima. Na primeira chegada azulina, Victor Andrade recebeu na cara do goleiro Thiago Rodrigues e chutou forte, mas a bola subiu por cima do travessão. O CSA respondeu, depois que Iury Castilho cruzou na área do Leão Azul e Dellatorre subiu de cabeça, o goleiro Thiago Coelho fez milagre, salvando o primeiro gol do jogo.

Minutos depois, Iury Castilho cruzou no segundo pau e Marco Túlio subiu de cabeça, abrindo o marcador no contrapé do goleiro Thiago Coelho, 1 a 0, aos 27 minutos. Só dava CSA. Marco Túlio tocou para Yuri, que rolou para o chute de Dellatorre; o goleiro Thiago Coelho salvou com os pés. No segundo tempo, o Leão chegou no chutaço de Lucas Siqueira, mas o goleiro Thiago Rodrigues conseguiu espalmar de uma maneira esquisita. 

O CSA voltou a marcar quando Clayton cruzou no meio da área para a cabeçada de Dellatorre, que marcou o segundo aos 28 minutos, 2 a 0. O time alagoano quase chegou ao terceiro: após uma sobra de bola dentro da área, Reinaldo chutou e parou na grande defesa do goleiro Thiago Coelho. Foi a vez de bola sobrar para o time paraense, mas o atacante Jefferson chutou muito longe da meta do goleiro Thiago Rodrigues. Placar final: CSA 2 x 0 Remo. 

FICHA TÉCNICA

CSA: Thiago Rodrigues; Yuri, Matheus Felipe, Lucão e Kevyn; Geovane (Renato Cajá), Giva Santos e Gabriel (Clayton); Dellatorre (Rodrigo Rodrigues), Iury Castilho (Reinaldo) e Marco Túlio (Gabriel Tonini). Técnico: Mozart

REMO: Thiago Coelho; Thiago Ennes (Wellington Silva), Romércio, Rafael Jansen e Raimar; Arthur (Pingo), Lucas Siqueira e Anderson Uchôa; Victor Andrade, Lucas Tocantins (Jefferson) e Neto Pessoa. Técnico: Felipe Conceição 

  • Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
  • Assistente 1: Jean Márcio dos Santos (RN)
  • Assistente 2: Lorival Candido das Flores (RN)
  • Árbitro de Vídeo (VAR): Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
  • Cartões amarelos: Reinaldo (CSA); Pingo, Anderson Uchôa e Victor Andrade (Remo)
  • Gols: Marco Túlio, de cabeça, aos 27 minutos do 1° tempo; e Dellatorre, de cabeça, aos 28 minutos do 2° tempo para o CSA
  • Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió 

Por Fábio Relvas