Remo perde para o Atlético (MG) no Baenão pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil

Os gols do Galo foram assinalados ainda no primeiro tempo, com Hyoran e Nacho
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Hulk comemora com Nacho o segundo gol do Atlético (Foto: Fernando Torres/AGIF)

Continua depois da publicidade

O Clube do Remo encarou o todo poderoso Atlético (MG) na noite desta quarta-feira (2), valendo pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Apesar de jogar dentro do Estádio Evandro Almeida, o Banpará Baenão, em Belém, o Leão não conseguiu segurar a força do Galo, e saiu derrotado por 2 a 0. Os gols atleticanos foram marcados ainda no primeiro tempo, com Hyoran aos 14, e Nacho, aos 46 minutos.

As duas equipes voltam a campo para o segundo duelo marcado para a próxima quinta-feira (10), no Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte. O Remo terá a missão árdua de vencer o Galo por dois gols de diferença para levar a disputa da vaga para os pênaltis, ou de três tentos para avançar direto para as oitavas de final. Já a equipe mineira poderá até perder por um gol em casa, que mesmo assim avança.

O jogo: Deu Galo!

O Remo começou bem a partida, tendo a primeira chance: Felipe Gedoz cobrou falta e a bola passou perto da meta do goleiro Everson. O Atlético chegou com perigo quando Mariano recebeu na direita, chutando forte para a boa defesa do goleiro Vinícius. Em uma boa trama do Galo, Nacho Fernández deu belo passe para Hyoran, que ficou de frente para o gol e mandou para o barbante, aos 14 minutos, 1 a 0 Galo. O Leão não se intimidou e tentou o empate, depois que Marlon cobrou falta na área e Rafael Jansen raspou de cabeça, mas a bola foi para fora.

O time mineiro chegou com Hulk, que ganhou a jogada e rolou para o chute de Nacho – a bola passou por cima da meta remista. O atacante azulino Jefferson tentou marcar de longe, mas o goleiro Everson pegou. Nacho fez boa jogada,  deixando para Hulk; o atacante tentou por cobertura e o goleiro Vinícius colocou de tapinha para escanteio. Seria um golaço atleticano. O Leão tentou o empate depois que Felipe Gedoz tentou uma jogada; a bola sobrou para o chute de Renan Gorne, a redonda foi por cima.

Em uma jogada de Hulk, o atacante ganhou na dividida e rolou de lado para Nacho Fernández que, sem marcação, ampliou, aos 46 minutos, 2 a 0. No segundo tempo, Felipe Gedoz cobrou falta na área, Lucas Siqueira cabeceou e o goleiro Everson fez uma grande defesa, salvando o Galo. Novamente o Leão chegou com perigo, quando Dioguinho chutou e a bola tocou na mão do zagueiro Réver dentro da área – o árbitro mandou seguir.

O Atlético perdeu o terceiro gol, depois que Allan deu um passe na medida para o atacante Marrony, que ficou frente a frente com Vinícius, mas parou no paredão azulino. Placar final: Remo 0 x 2 Atlético (MG). 

Por Fábio Relvas
Publicidade