Redenção: Guarda patrimonial é assassinado a tiros em porta de boate

O guarda foi morto com a arma que portava, uma pistola calibre 380. O autor do crime foi identificado como Fernando Brandão, que está sendo procurado pela polícia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O guarda patrimonial, Manoel Mesquita, conhecido como “Geru”, de 41 anos, foi morto a tiros, na madrugada deste domingo (3), na porta de uma boate, localizada na Avenida Alceu Veronese, às proximidades do Terminal Rodoviário, em Redenção, no sul do Pará. A vítima foi morta com a arma que portava, uma pistola calibre 380.

O autor dos disparos foi identificado como Fernando Brandão, que está sendo procurado pela polícia. As motivações do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil, que já começou ouvir testemunhas sobre o caso.

Segundo testemunhas, Manoel, que completaria 42 anos no dia 27 deste mês, estava saindo da boate, onde aconteceu um show, por volta de 4h30, quando foi morto com vários tiros.

Tina DeBord