Primeiro Leilão em prol do Hospital do Amor arrecada mais de R$ 100 mil em Canaã

Obra filantrópica, o Hospital do Câncer de Barretos atende gratuitamente a pacientes de todo o País, mas precisa de constante ajuda financeira
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Dezenas de voluntários e parceiros do Hospital do Amor de Barretos participaram, neste domingo (26), do 1º Leilão Direito de Viver de Canaã dos Carajás, em prol de arrecadar fundos para a manutenção das atividades da entidade. O evento aconteceu na sede do Parque Agropecuário “Folorentino Guirelle”, na Rodovia PA-160, e reuniu cerca de 500 pessoas. Na ocasião, 100 cabeças de gado foram colocadas em oferta arrecadando um total de R$ 136.475,00.

A mobilização para arrecadar fundos para a instituição de saúde acontece em todo o Brasil e, em Canaã, a iniciativa foi do Lions Clube, em parceria com diversas outras entidades como Apae, OAB subseção Canaã dos Carajás, Sicampo, Maçonaria, Aciacca, Coopmimcc, Agência Canaã, prefeitura e Câmara Municipal.

Segundo Jurandir dos Santos, coordenador do leilão, o valor arrecadado, além de ser destinado a Barretos, também irá contribuir para a construção de uma unidade do Hospital do Amor em Palmas (TO). “O evento acontece em todo Brasil, agora com mais intensidade na região.

Os Estados do Pará, Tocantins e Maranhão estão mobilizado para ajudar na manutenção do Hospital do Câncer de Barretos e também na construção do Hospital de Amor em Palmas. A parceira com o hospital iniciou por meio do Lions Clube em função da primeira e segunda Caminhada Passos que Salvam.

Unidade do Tocantins já está em construção

Orçada em mais de R$ 115 milhões, as obras de construção do Hospital de Amor do Tocantins, ligado à mesma entidade de Barretos (SP), foram iniciadas ainda no ano passado em Palmas. A unidade terá 24 mil metros quadrados e a previsão é de que possa atender mais de 25 mil pacientes por ano, assim que for concluída em 2022. Boa parte dos recursos para a construção do hospital vem justamente de doações, especialmente através dos leilões beneficentes.

Canaã dos Carajás, assim como outros municípios, já enviou inúmeros pacientes para receber tratamento gratuito em Barretos. A iniciativa deu tão certo, que Jurandir já confirmou que haverá mais edições do evento. “A partir do leilão teremos uma carreta equipada do hospital em Canaã, para fazer diagnóstico nas pessoas. Se surgir algum caso serão encaminhados imediatamente para Barretos. Se alguém tiver algum caso na família me procure imediatamente para ser encaminhado, casos infanto-juvenis têm prioridade. Lembrando que as pessoas que forem diagnosticadas não deverão iniciar o tratamento em outro lugar, pois o hospital inicia e leva até o fim do tratamento. Essa foi a primeira edição e já estamos trabalhando na segunda”, prometeu.

Relacionados