Preso acusado de ter matado agricultor a picaretadas em São João do Araguaia

Ele foi localizado na zona rural de Goianésia do Pará neste sábado (1º) e preso pela Polícia Civil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil, em Goianésia do Pará, prendeu às 6h deste sábado (1º), José Luís Mendes de Sousa, o Gaguinho do Brega, suspeito de ter assassinado o pequeno agricultor Lúcio James Filho, de 59 anos de idade, para roubar uma espingarda e dois celulares. O crime de latrocínio aconteceu no dia 25 de julho passado. O crime, cometido com uma picareta enquanto a vítima dormia, teve grande repercussão e causou revolta no município de São João do Araguaia.

O acusado foi encontrado na região da Vicinal 5 Irmãos, zona rural de Goianésia. No momento da prisão, ele estava trabalhando em um sítio particular. Para chegar ao paradeiro de José Luís, os policiais realizaram minucioso levantamento, culminando com a sua localização e prisão pela equipe da Delegacia de Polícia Civil do município, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Comarca de São João do Araguaia. À frente da operação, o delegado Walmir Racine e os investigadores Alexandre e Edson. O preso encontra-se à disposição da Justiça.

Agricultor Lúcio James

Gaguinho do Brega foi contratado por Lúcio Filho para realizar serviços na propriedade, localizada no PA Casa Branca. Durante o trabalho houve o sumiço de um aparelho celular. O agricultor passou a questionar o suspeito sobre o desaparecimento do aparelho, o que gerou animosidade entre os dois.

Na madrugada de 25 de julho, Gaguinho do Brega resolveu assassinar o patrão a golpes de picareta e roubou uma espingarda e dois aparelhos celulares. Após o homicídio, ele fugiu do local e estava sendo procurado.

(Antonio Barroso)

Publicidade