Presidente da Frente Pró-Carajás lança desafio a Zenaldo Coutinho e Sabino

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Essa semana o presidente da Frente Pro-Carajás, deputado estadual João Salame Neto (PPS) lançou um desafio a Celio Sabino e Zenaldo Coutinho, defensores do Pará grande.

Bestificado com a falta de segurança no sul e sudeste do Pará e com a greve dos professores da rede estadual que já passa de dois meses, o deputado disse que se Zenaldo e Sabino usarem de suas influências com o governador Jatene para fazer com que ele contrate até o final de semana 1.200 policiais militares para o sul e sudeste do Pará e pague os R$ 66,00 no salário dos professores, equiparando-o ao piso nacional, ele renunciará ao seu mandato de deputado e deixará de pedir votos para o SIM.

O desafio se deu em virtude dos deputados Zenaldo Coutinho e Celio Sabido dizerem que não há a necessidade de dividir o estado do Pará e que Jatene resolverá todas as demandas que provocam o desejo de divisão.

“O governador Jatene é uma pessoa honesta e bem intencionada, todavia o Pará está quebrado. Ele não tem como fazer novos investimentos”, disse João Salame. Para o deputado paraense, o povo do Carajás e do Tapajós “já não suportam mais as promessas que, infelizmente não podem ser cumpridas”.

Publicidade