Prefeituras vão gastar R$ 2,5 milhões com carnaval; veja quais

Valor considera apenas dez governos que deram transparência às contratações efetuadas até o momento. Juntando com as que escondem o jogo, total de gastos pode ser dez vezes maior.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Entre palco, iluminação, camarotes, trios elétricos, artistas e shows, dez cidades paraenses vão gastar juntas cerca de R$ 2,5 milhões para bancar a folia de carnaval deste ano. Esse valor é apenas 10% do que certamente é real, já que, até o momento, poucas prefeituras encaminharam informações ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) sobre os processos licitatórios dos festejos de momo que estão acontecendo em cerca de 100 dos 144 municípios paraenses.

Problema com a LRF parecido tem a Prefeitura de Óbidos, que encerrou 2019 gastando absurdos 71,37% da receita líquida com pessoal (quando o máximo permitido em lei é de 54%). Ainda assim, o governo local está injetando pelo menos R$ 655 mil com o evento carnavalesco.

No Pará, tudo é festa