Prefeitura de Marabá vai adquirir sementes de hortaliças para potencializar produção

Governo de Tião Miranda vai registrar preços de pelo menos 11 tipos de sementes a fim de desenvolver atividades com produtores de hortaliças, gerando ocupação e renda no município.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

A administração de Tião Miranda quer dar um passo à frente no incentivo à produção do campo. É que o governo de Marabá está registrando preços para adquirir futuramente sementes de hortaliças a fim de atender a Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri), que por seu turno desenvolve atividades educativas e produtivas com horticultores da região. O processo pode ser acompanhado no mural de licitações do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), conforme é possível checar aqui.

Por meio do edital de licitação 93/2019, publicado na última terça-feira (13), a Prefeitura de Marabá estima disponibilizar R$ 80.740 na aquisição das sementes para as culturas de abóbora, agrião, alface, cenoura, coentro, couve-manteiga, maxixe, jiló, melancia, pepino e rúcula. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a vasta zona rural de Marabá produz anualmente R$ 98,57 milhões em produtos agrícolas.

Na visão desenvolvimentista do governo de Tião Miranda, o cultivo de legumes e hortaliças “tem se mostrado com grande potencial econômico no município, melhorando a renda dos trabalhadores”, em razão da fácil comercialização da produção. Além disso, permite melhoria na alimentação dos agricultores e da população em geral. A Seagri justifica que “uma das formas de fomentar a atividade no município é por intermédio da disponibilização de sementes de espécies diversas de hortaliças, as quais deverão beneficiar tantos os horticultores de hortas comunitárias quanto de hortas escolares”.

Publicidade

Relacionados