Marabá

Prefeitura de Marabá investe na formação musical de alunos da rede pública

Casa da Cultura utiliza arte, cultura e música como estratégia para envolver estudantes de escolas públicas. Eles têm oportunidade de se apresentar dentro e fora do município.

A administração de Tião Miranda, prefeito de Marabá, está adquirindo instrumentos musicais para aprimorar a formação dos alunos da Escola de Música Maestro Moisés Araújo, vinculada à Fundação Casa da Cultura (FCCM). As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu, que folheou o edital de licitação, cuja sessão presencial ocorre no próximo dia 6. O valor estimado do investimento da Prefeitura de Marabá é de R$ 137 mil.

De acordo com a prefeitura, a licitação é do tipo registro de preços para eventual aquisição dos instrumentos musicais. Ao todo, 36 itens devem ser comprados, entre os quais trombone, trompete, pratos, quadriton, baqueta, sax, bumbo, caixa acústica. Esses instrumentos vão ser utilizados por vários estudantes de escolas públicas com a função de despertar em cada um o artista que mora dentro de si.

Segundo justifica o governo municipal no edital do processo, a iniciativa tem “o objetivo de atender às necessidades da Fundação Casa da Cultura de Marabá, que, por meio da arte e cultura, está inserida num contexto socioeducativo que ocupa o tempo disponível dos alunos da rede pública de Marabá com atividades de musicalização e apresentações de eventos em diferentes bairros e em cidades circunvizinhas”.

A música tem tanta importância para a FCCM e para o povo marabaense que, no início deste ano, a Fundação abriu vagas na Escola de Música Maestro Moisés Araújo, para os cursos de canto coral, destinado à faixa etária de 7 a 15 anos; fanfarra (instrumentos de percussão) para pessoas de 10 a 70 anos; flauta doce, para público de 9 a 11 anos; musicalização infantil, para crianças de 5 e 6 anos; e violoncelo, para alunos com idade de 10 a 70 anos. Os horários disponíveis para extensões são manhã e tarde.

Deixe seu comentário