Prefeitura de Canaã vai aplicar R$ 227 mil em fruticultura

Governo municipal acredita que atividade tem potencial de gerar emprego, renda e melhorar a qualidade de vida da população camponesa. Mudas serão distribuídas à agricultura familiar.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

No próximo dia 18, a administração de Jeová Andrade vai conhecer as empresas interessadas em produzir e cuidar de mudas frutíferas e florestais, em atendimento a projetos voltados ao campo e firmados no município de Canaã dos Carajás. Na semana passada, a prefeitura local abriu licitação para registrar preços de serviços do ramo de fruticultura no valor de até R$ 227 mil, conforme levantou nesta segunda-feira (9) o Blog do Zé Dudu em publicação (veja aqui) no mural de licitações do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A aquisição é comandada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Produção Rural (Sempru).

Sexta mais rica entre as prefeituras do Pará, a administração de Canaã dos Carajás mantém um viveiro municipal de mudas frutíferas, ornamentais e medicinais com capacidade para 400 mil unidades por ano. Para 2019, a meta é alcançar 150 mil mudas, com a finalidade de fortalecer o Programa Municipal de Desenvolvimento do Campo (Procampo). No entendimento do governo de Jeová Andrade, ao investir na produção do campo, o município será capaz de gerar emprego, renda e qualidade de vida aos cidadãos canaenses.

Segundo a Sempru, em justificativa para pautar a licitação, as mudas pretendidas vão subsidiar mais de 100 pequenas propriedades rurais cadastradas no Procampo, integrantes da cadeia da agricultura familiar. “A fruticultura é um dos segmentos do programa e de grande influência na economia local”, alega o governo, adicionando que a plantação de frutas é a atividade do Procampo que mais tem se destacado nos últimos anos. “E continua em plena evolução devido a uma demanda espontânea de produtores do município, no que diz respeito à produção de açaí, cacau e banana, entre outras variedades”, adiciona a prefeitura.

Produção agrícola

Dados divulgados na semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a produção agrícola no país revelam que o município de Canaã dos Carajás movimentou em 2018 cerca de R$ 27,5 milhões em commodities do campo. O Blog do Zé Dudu levantou números exclusivos que, entretanto, apontam redução da produção de 2018 ante 2017 em pelo menos R$ 5 milhões. A produção agrícola municipal consolidada dois anos atrás foi de R$ 32,9 milhões.

O IBGE registrou no ano passado ao menos nove commodities com movimentação financeira em notas fiscais produzidas em Canaã: milho (R$ 10,74 milhões), banana (R$ 8,44 milhões), mandioca (R$ 5,81 milhões), melancia (R$ 960 mil), mamão (R$ 808 mil), abacaxi (R$ 325 mil), maracujá (R$ 275 mil), arroz (R$ 81 mil) e feijão (R$ 73 mil).

Relacionados