Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Postos de Parauapebas estão vendendo gasolina por R$ 4,82

Diferença entre estabelecimentos não chega a 7 centavos. Há três meses, Blog registrou diferença superior a 20 centavos e, na prática, quase R$ 10 para o tanque cheio. Gasolina de Parauapebas está entre as cinco mais caras do Pará.

O preço médio da gasolina estabilizou na casa dos R$ 4,82 em Parauapebas, de acordo com o mais recente Sistema de Levantamento de Preços (SLP), feito pela Agência Nacional do Petróleo e ao qual o Blog do Zé Dudu teve acesso com exclusividade. De acordo com a pesquisa, o posto que vende o litro do combustível mais barato — sem considerar eventuais promoções — está na Rua E, Bairro Cidade Nova. Lá a gasolina sai a R$ 4,79.

Preço praticamente similar também pode ser encontrado nos postos situados nas avenidas F (Bairro Beira Rio) e Liberdade (Bairro Paraíso), ambos os quais estão comercializando o produto por R$ 4,799. A gasolina levemente mais cara está nas bombas do estabelecimento localizado na Rua Padre Josimo, Bairro da Paz: R$ 4,858 o litro.

De acordo com a ANP, alguns postos de combustíveis em Parauapebas compram gasolina das distribuidoras por R$ 3,875, cerca de R$ 1 mais barato em relação ao que repassam ao consumidor. Nesta rodada do SLP, oito postos de Parauapebas foram pesquisados por técnicos da Agência. A checagem ocorreu no dia 14 de janeiro.

Veja também:  Parauapebas volta a ter gasolina mais cara do Pará, revela Agência do Petróleo

Situação do Pará

A gasolina mais barata do Pará, na média, está em Ananindeua. Naquele município, que se localiza emendado à capital, Belém, os postos vendem por R$ 4,07, mas o estabelecimento mais barato passa o combustível adiante por R$ 3,93. Castanhal (R$ 4,295), Santarém (R$ 4,326), Bragança (R$ 4,332) e Belém (R$ 4,337) também praticam preços médios mais em conta em relação a outros lugares pesquisados.

No lado oposto, Altamira tem as bombas mais “salgadas”. Naquele município que fica no coração do Pará pulsa um litro que custa R$ 4,991 e há posto comercializando por R$ 5,189. A margem de lucro dos proprietários de postos de gasolina de Altamira chega a ser de R$ 1,50, a maior do estado. Em segundo lugar está Abaetetuba, com R$ 4,955 e que vende o produto pelo preço mínimo mais caro do estado: R$ 4,79. Conceição do Araguaia (R$ 4,833), Marabá (R$ 4,832) e Parauapebas (R$ 4,823) fecham o grupo da carestia.

Deixe uma resposta