Por conta da pandemia, Parauapebas retoma ano letivo com aulas on-line

As aulas começam nesta segunda-feira (1º), para garantir o cumprimento do ano letivo e em conformidade com recomendações dos conselhos de Educação

Continua depois da publicidade

A Secretaria Municipal de Educação de Parauapebas (Semed) adotará oficialmente a partir desta segunda-feira (1º), o regime especial de aulas não presenciais para todos os 47 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino. Segundo a Semed, o regime on-line já vinha sendo executado de forma experimental desde quando as atividades escolares foram suspensas, por tempo indeterminado, devido à pandemia do novo coronavírus.

No mês passado, o Conselho Municipal de Educação (Comepa) aprovou a Resolução nº 005/2020, que regulamenta o regime especial de atividades escolares não presenciais no Sistema Municipal de Educação de Parauapebas. Com isso, o município agora inicia oficialmente as aulas nesse sistema.

 De acordo com o secretário municipal de Educação, Luiz Vieira, a medida é necessária para garantir o cumprimento do calendário letivo de 2020. Por isso, o município está adotando as recomendações dos conselhos municipal, estadual e nacional de Educação, como também está seguindo o que determina a legislação educacional em vigor.

“Essa é a única forma de Parauapebas não ter o ano letivo de 2020 comprometido. É uma tarefa desafiadora, mas que nossos professores já estão experimentando desde o mês de abril por meio do apoio e incentivo da Semed. Nós já testamos e deu certo”, assegura o secretário.

Segundo a Secretaria de Educação, as atividades e conteúdos vão chegar para os alunos por meio de videoaulas, redes sociais (como whatsApp, facebook etc), aplicativos, além de livros didáticos e atividades impressas, para os alunos que não têm acesso à internet, como ocorre em algumas comunidades rurais. No entanto, para que o sistema tenha eficiência, a Semed reforça que, assim como o comprometimento e dedicação do professor é essencial, o apoio dos pais ou responsáveis pelos alunos é de fundamental importância para que o estudante tenha uma rotina de estudos e obtenha bons resultados.

“Os pais ou responsáveis que não estiverem com os dados atualizados nas unidades educacionais em que os filhos estão matriculados, como telefone, devem procurar a instituição para atualizar as informações. Cada instituição disponibilizará um contato no mural da escola para que os pais possam obter mais informações sobre o funcionamento das atividades escolares”, oriento a secretaria.

Quanto a retomada das aulas presenciais, a Semed explica que a nota técnica conjunta nº 01/2020, do Conselho Estadual de Educação do Pará (CEE), com apoio da Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc), que traz orientações quanto à retomada das atividades escolares após a suspensão em decorrência da pandemia, prevê a retomada gradual das aulas presenciais a partir do mês de julho, se houver deliberação das autoridades de saúde. Isso ocorre devido à rede estadual ter antecipado as férias escolares para o mês de junho.

Segundo Luiz Vieira, a retomada das aulas no município também ocorrerá de forma gradual. “Vamos seguir essa recomendação, mas com uma diferença: não vamos antecipar as férias dos professores. Manteremos as férias coletivas no mês de julho e, em agosto, se os especialistas afirmarem que temos condições de voltar, retomaremos as atividades de forma segura”, ressalta o secretário.

(Tina Santos- com informações da Semed)