Polícia Militar localiza e prende empregado que roubou a loja do patrão

Ele trabalhava como diarista em um comércio de embalagens e materiais de construção, mas acabou arrombando a loja e roubando um celular e 13 facões
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Militar prendeu ontem pela manhã, em Parauapebas, Rafael da Silva Lira e Kevin Douglas da Silva. O primeiro é acusado de ter furtado, do comércio em que trabalhava como diarista, um celular e treze facões. O outro vai responder pelo crime de receptação por ter comprado o celular roubado. O crime aconteceu por volta das 5h de ontem, quarta-feira (14) em uma loja de embalagens e materiais de construção localizada na Rua 90, Bairro Nova Carajás.

O proprietário do estabelecimento, Jivalson Veras da Silva, registrou Boletim de Ocorrência na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, no qual conta que, assim que constatou que a loja havia sido arrombada e percebeu que os objetos haviam sido levados, comunicou à Polícia Militar, indicando que o principal suspeito era Rafael Lira, que havia faltado ao trabalho.

Por volta das 23h de ontem, o empresário recebeu uma ligação da PM, informando que Lira havia sido preso e confessou o crime, informando também que vendeu o celular para Kevin, este também localizado e preso. Dos 13 facões furtados apenas um foi recuperado, assim como o celular.

Em conversa com a Reportagem, o empresário contou que meses atrás Rafael esteve na loja queixando-se que estava desempregado, sem dinheiro, sem nada. Penalizado, ele conseguiu uma cesta básica de alimentos e admitiu o homem como diarista. Disse ainda que já havia percebido que ele cometia pequenos furtos no estabelecimento, mas, como eram coisas de pouco valor, ele nunca tomou uma providência.

(Caetano Silva)