Polícia Civil prende casal acusado de ter matado jovem em agosto passado

Viviane de Freitas e Josielson Lima vão responder também pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Outro casal que estava no local das prisões também foi preso
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Saulo Vital Capim foi assassinado em agosto passado

Continua depois da publicidade

Nas primeiras horas desta sexta-feira (10), a Polícia Civil em Parauapebas, por meio da Divisão de Homicídios, da 20ª Seccional Urbana, deu cumprimento a Mandados de Prisão Temporária expedidos pela 1ª Vara Criminal de Parauapebas contra Viviane Gonçalves de Freitas e Josielson da Costa Lima. Eles foram capturados na invasão do Bairro Nova Carajás.

Segundo a Polícia Civil, a dupla tem participação no assassinato do jovem Saulo Vital Capim, de 22 anos de idade, ocorrido no mês de agosto, às margens da Rodovia PA-160, em uma área conhecida como Parque Verde, no sentido de Canaã dos Carajás.

Saulo Vital foi encontrado morto com perfurações de arma de fogo no dia 12 daquele mês. O rapaz estava desaparecido de casa havia vários dias e o seu corpo foi encontrado já em avançado estado de decomposição.

Flagrante de drogas e posse ilegal de armas

Durante a prisão dos acusados, os investigadores encontraram na casa de Viviane Gonçalves diversas munições de arma de fogo, maconha, dinheiro, uma balança de precisão, aparelhos celulares, rádios de comunicação, cadernos de anotação, relógios e duas armas de fogo.

Na ocasião, Luan Vital Moura da Silva e Viviana Gonçalves de Freitas, irmã de Viviane, também estavam no local e foram conduzidos para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde foram ouvidos pela delegada Yanna Azevedo e colocados à disposição da Justiça.

Agora, além do crime de homicídio, Viviane de Freitas e Josielson Lima irão responder também por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Já Viviana Gonçalves e Luan Vital responderão somente pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa. (Caetano Silva)