Polícia Civil investiga duplo homicídio na Vila Palmares II

Os assassinatos ocorreram na tarde de ontem, segunda-feira (19), no Sítio Dourado, na Vicinal do Emanoel
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, de Parauapebas, registrou, na tarde de ontem, segunda-feira (19), um caso de duplo homicídio da zona rural. As vítimas foram Manoel Dourado Magalhães, 56 anos, e Antônio Ferreira Basto, 57. Eles foram encontrados mortos com tiros na cabeça e as mãos atadas nas costas. Os assassinatos ocorreram na propriedade Sítio Dourado, localizada na Vicinal do Emanoel, nas Vila Palmares II.

Quem encontrou os mortos foi uma sobrinha enteada de Manoel, por volta das 17h30, quando foi deixar a mãe, que era mulher dele. Ela conta que o homem estava na Palmares II havia cerca de 30 anos, era pessoa muito conhecida e estimada na localidade, onde trabalhava na produção de queijo. Quanto a Antônio, a mulher que pediu para não ser fotografada nem identificada, disse que o viu poucas vezes conversando com o padrasto, mas nunca teve contato com o homem.

De acordo com relato de policiais militares que estiveram no local, há indícios de que quem matou os dois homens procurava alguma coisa de valor, pois a casa estava toda revirada.

Ainda segundo os PMs, pessoas ouvidas informalmente disseram que na terra de Manoel há um garimpo clandestino e que o outro homem assassinado é dono de um maquinário de extração de ouro. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o duplo homicídio.

(Caetano Silva)