Notícias

Polícia Civil desarticula quadrilha que atuava no sul e sudeste do Pará

Ontem, 30 de janeiro, a Polícia Civil, por meio da Superintendência Regional do Araguaia Paraense, sob o comando do Delegado Antônio Gomes de Miranda Neto e NIP, Polícia Militar de …

IMG_5864[1]Ontem, 30 de janeiro, a Polícia Civil, por meio da Superintendência Regional do Araguaia Paraense, sob o comando do Delegado Antônio Gomes de Miranda Neto e NIP, Polícia Militar de Ourilândia do Norte, PA e Grupo Tático da Polícia Militar de Xinguara, PA, efetuaram a prisão de uma quadrilha especializada na prática de crime denominado “Sapatinho” tendo sido preso as seguintes pessoas: Regina Gisele da Silva Barros, Werveton Nazaro do Nascimento, Vanderson da Silva, Alan de Paula Franca, Valdivino Pinheiro Junior, este condenado a 8 anos de reclusão na comarca de Paraíso do Tocantins, TO, pela pratica de crime de roubo e possui mais um mandado de prisão preventiva pela prática do mesmo crime na citada cidade.

A quadrilha estava se deslocando até a cidade de Tucumã, PA, onde realizaria dois assaltos, tendo como vitimas empresários na cidade. Os assaltos seriam para capitalizar os assaltantes para posterior realização de sapatinho na região.

IMG_5852[1]A quadrilha atuava em diversas modalidades criminosas, trafico de drogas, sapatinho, roubo de carga, roubo a residências, sendo que são investigados por um sapatinho na cidade de Jacundá, PA, ocorrido no ano passado.

Durante a operação foi montada duas barreiras, uma na cidade de Água Azul do Norte, onde o bando foi preso de posse de um revolver calibre 38 e uma porção de cocaína e outra na cidade de Ourilândia do Norte, PA, onde os nacionais Francisco Pereira, Huemmen Alves Carvalho, Vanderson do Nascimento Silva e Weslei Batista Santos foram presos com dois quilos de Crack, sendo autuados pela prática de crime de trafico e associação ao trafico de drogas. A droga seria  distribuída na região, informa o delegado Antônio Miranda. 

Um comentário em “Polícia Civil desarticula quadrilha que atuava no sul e sudeste do Pará

Deixe seu comentário