Paysandu vence a Tuna em jogo atrasado da quinta rodada do Campeonato Paraense 2021

Jhonnatan e Denilson marcaram os gols da vitória do Papão diante da Águia Guerreira
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Jhonnatan comemora o primeiro gol do Paysandu (Foto: John Wesley/Ascom Paysandu)

Continua depois da publicidade

A bola finalmente rolou para o clássico entre Paysandu e Tuna Luso. A partida que estava marcada para o último dia 9 de abril só ocorreu na tarde deste sábado (24), devido à forte chuva que caiu em Belém na data original. Jogando no Estádio Leônidas Castro, o Banpará Curuzu, na capital do estado, o Papão não deu chances para a Águia Guerreira e venceu pelo placar de 2 a 0.

O time bicolor fez um gol em cada tempo de jogo. O primeiro saiu quando Israel cruzou da direita, a zaga cruzmaltina cortou nos pés do meia Jhonnatan, que, de frente, não perdoou e abriu o placar, aos 36. Na segunda etapa, Israel cruzou na medida para o gol de cabeça do zagueiro Denilson, que atuou como volante, aos nove minutos.

Com o resultado, o Paysandu venceu a primeira partida na Curuzu nesta edição do Parazão e chegou aos 16 pontos no Grupo A1, liderando com folga. Já a Tuna Luso permanece na vice-liderança do Grupo A2, com nove pontos conquistados. 

O jogo: Deu Papão em clássico atrasado! 

A partida começou com muitos erros de ambos os lados, até que o Paysandu começou a ter uma boa sequência. Após um bate e rebate dentro da área, o atacante Nicolas chutou e a bola passou perto da meta do goleiro Gabriel Bubniack, quase marcando o primeiro do Papão. Israel cobrou falta rasteira dentro da área, Nicolas ajeitou de calcanhar para Denilson que, na hora da finalização, foi travado pela marcação. Os jogadores do Papão ficaram pedindo pênalti no lance, mas o árbitro Joelson Nazareno Ferreira Cardoso mandou seguir a jogada.

Na sequência, Ruy cobrou escanteio na segunda trave e o zagueiro Yan cabeceou por cima da meta cruzmaltina. O time bicolor conseguiu abrir o marcador: Israel arrancou bem pelo lado direito e cruzou rasteiro, a zaga cruzmaltina fez lambança e cortou mal. A bola sobrou para o meia Jhonnatan, que não perdoou e chutou para marcar o gol, aos 36 minutos, 1 a 0. 

A Tuna quase empatou logo depois, quando Lukinha cobrou escanteio, o zagueiro Dedé cabeceou e, no meio do caminho, o atacante Jayme, também de cabeça, mandou por cima da meta do goleiro Victor Souza. Em mais uma tentativa da Águia Guerreira, Léo Rosa cruzou da direita para o chute de primeira do atacante Jayme – a bola passou assustando contra a meta alviceleste.

Nos segundo tempo, o time do Papão quase ampliou. Depois que Jhonnatan cruzou da direita para o chute de primeira de Igor Goularte, a bola passou perto. A Tuna reagiu e quase empatou a partida quando Léo Rosa cobrou falta e Paulo Rangel subiu de cabeça, mas a bola foi para fora. O Paysandu respondeu rapidamente, também em cobrança de falta: Diego Matou bateu direto e o goleiro Gabriel Bubniack mandou para escanteio.

Na cobrança de escanteio, Israel bateu curto e recebeu de volta, driblou a marcação e cruzou na medida para a cabeçada certeira de Denilson, aos nove minutos, 2 a 0 Papão. Aos poucos, a Tuna chegava buscando diminuir o jogo. Léo Rosa cobrou falta perigosa da direita, a zaga bicolor fez o corte e na sobra Wellington Pará chutou de primeira e a bola foi desviada para escanteio. 

Na reta final, Léo Rosa cobrou escanteio da direita e Paulo Rangel cabeceou na frente de dois zagueiros – a bola passou perto da meta bicolor. A Lusa quase marcava o primeiro. Na última chance da partida, Nicolas saiu cortando a marcação e tocou para Ari Moura, mas o chute saiu por cima da meta cruzmaltina. Placar final: Paysandu 2 x 0 Tuna.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Victor Souza; Israel, Yan (Alisson), Perema e Diego Matos; Denilson (Elyeser), Paulinho (Laércio), Jhonnatan e Ruy (Ratinho); Igor Goularte (Ari Moura) e Nicolas.
Técnico: Itamar Schulle 

TUNA: Gabriel Bubniack; Léo Rosa, Dedé, Felipe e Alexandre (Marcos Vinícius); Wellington Pará (Neto), Arthur, Pedrinho (Bambelo) e Lukinha (Kauê); Jayme (Fabinho) e Paulo Rangel.
Técnico: Robson Melo

  • Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (CBF)
  • Assistente 1: Hélcio Araújo Neves (CBF)
  • Assistente 2: Emanoel Ferreira do Amaral Jr. (FPF)
  • Quarto Árbitro: Emmanuel Luiz Ribeiro Gomes (FPF)
  • Cartões amarelos: Marlon e Israel (Paysandu); Neto e Kauê (Tuna)
  • Gols: Jhonnatan, aos 36 minutos do 1°tempo e Denilson, de cabeça, aos 9 minutos do 2° tempo para o Paysandu
  • Local: Estádio Leônidas Castro, o Banpará Curuzu, em Belém
Por Fábio Relvas
Publicidade