Paysandu perde para o Ituano e se complica no quadrangular do acesso da Série C

O Papão perdeu de virada, passando a amargar a lanterna do Grupo C com apenas dois pontos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Paysandu perdeu para o Ituano e se complicou de vez na briga pelo acesso (Foto: Miguel Schincariol/Ascom Ituano FC)

Continua depois da publicidade

O Paysandu Sport Club vem se complicando em sua caminhada para o acesso de volta à Série B. Atuando na tarde deste sábado (16), o Papão perdeu de virada, por 3 a 1, para o Ituano (SP), no Estádio Municipal Doutor Novelli Júnior, na cidade de Itu, interior paulista. A partida foi válida pela terceira rodada do quadrangular do acesso do Campeonato Brasileiro da Série C e, com a derrota, o time bicolor amarga a lanterna do Grupo C, somando apenas dois pontos.

O Paysandu abriu o placar com Marlon cobrando pênalti, aos seis minutos do primeiro tempo. O Ituano não demorou para empatar com o zagueiro Matheus Mancini, que pegou uma sobra de bola na área e marcou, aos 11 minutos. O time de Itu virou ainda no primeiro tempo com um gol de cabeça de Gérson Magrão, aos 34 minutos. Para sacramentar a vitória, João Victor recebeu lançamento e chutou cruzado para vencer o goleiro Victor Souza, aos 50 minutos do segundo tempo. 

O Paysandu volta a campo diante do mesmo Ituano no próximo sábado (23), às 17h, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. A partida será válida pela quarta rodada do Grupo E do Campeonato Brasileiro da Série C. 

O jogo: Papão perde e se complica na Série C!

Precisando vencer para manter suas chances de acesso, o Paysandu partiu para cima. Logo na primeira jogada, o atacante Danrlei foi calçado dentro da área pelo zagueiro Matheus Mancini e o árbitro marcou pênalti para o Papão. Marlon cobrou forte, o goleiro Pegorari foi na bola, mas não achou nada, 1 a 0, aos seis minutos. O Ituano empatou rapidamente. Após levantamento na área, a bola sobrou para o zagueiro Matheus Mancini, que mandou para o fundo do barbante, aos 11 minutos, 1 a 1.

O time paulista foi para cima em busca da virada. Gérson Magrão cobrou falta e Kaio desviou, mas a bola passou assustando contra a meta do goleiro Victor Souza. O Paysandu teve a chance depois que Marlon cruzou para Rildo, que finalizou e a bola ficou com o goleiro Pegorari. Em outra tentativa do time bicolor, Rildo cobrou falta e Denilson cabeceou com perigo. Em um contra-ataque, Kaio cruzou e Gérson Magrão cabeceou sem sair do chão, marcando a virada do Ituano, aos 34 minutos, 2 a 1.

O terceiro quase saiu quando Igor Henrique se livrou da marcação e mandou a bomba de fora da área – a bola passou perto do travessão do goleiro Victor Souza. No segundo tempo, Tiago Marques recebeu lançamento, driblou o goleiro bicolor e mandou para fora, mas a arbitragem tinha assinalado impedimento do ataque paulistano. O time paraense chegou com Marino, que cobrou escanteio na segunda trave, mas ninguém do Paysandu conseguiu concluir em gol. 

O Papão tentou chegar em cobrança de falta: Bruno Paulista cobrou e acabou isolando. O Ituano tentou o terceiro com Jiménez, que arriscou de fora da área, obrigando o goleiro Victor Souza a salvar o time bicolor com uma grande defesa. Após bola na área bicolor, Tiago Marques cabeceou e o goleiro Victor Souza fez milagre. Os jogadores do time paulista pediram gol no lance, mas a arbitragem mandou seguir. 

O time paraense tentava sair com empate. Em jogada na frente, o atacante Rafael Grampola dominou, mas na hora da finalização foi marcado o impedimento. Já nos acréscimos, o atacante João Victor recebeu lançamento, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Victor Souza, aos 50 minutos. Placar final: Ituano 3 x 1 Paysandu. 

FICHA TÉCNICA

ITUANO: Pegorari; Pacheco, Mateus Silva, Matheus Mancini e Mário Sérgio; Jiménez (Bruno Lima), Kaio (Léo Duarte), Igor Henrique e Gérson Magrão (Bernardo); Tiago Marques (Zé Vitor) e Iago Teles (João Victor). Técnico: Mazola Júnior

PAYSANDU: Victor Souza; Leandro Silva, Perema, Denilson e Diego Matos; Paulo Roberto (Bruno Paulista), Marino (Rafael Grampola) e Willian Fazendinha; Marlon (Ruy), Rildo e Danrlei. Técnico: Roberto Fonseca 

  • Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
  • Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)
  • Quarto e quinto árbitros: Diego da Silva Castro (PI) e Alberto Poletto Masseira (SP)
  • VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
  • Cartões amarelos: Matheus Mancini, Pacheco, Jiménez, Mazola Júnior, Igor Henrique e Tiago Marques (Ituano); Leandro Silva, Roberto Fonseca, Bruno Paulista e Diego Matos (Paysandu)
  • Gols: Marlon, de pênalti, aos seis minutos do 1° tempo para o Paysandu; Mateus Mancini, aos 11, Gérson Magrão, de cabeça, aos 34 minutos do 1° tempo para o Ituano; João Victor, aos 50 minutos do 2° tempo para o Ituano
  • Local: Estádio Municipal Doutor Novelli Júnior, em Itu

Por Fábio Relvas