Paysandu perde de goleada para o Ferroviário no Ceará, mas segue na vice-liderança

O Papão foi dominado pelo Tubarão da Barra e acabou goleado pelo placar de 5 a 1
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Paysandu Sport Club não teve uma boa jornada pela 16ª rodada do Grupo A da Série C. Atuando na tarde desta segunda-feira (13), o Papão foi goleado pelo Ferroviário (CE), por 5 a 1, no Estádio da Cidade Vozão, CT do Ceará, em Itaitinga, interior cearense. Apesar da goleada sofrida, os bicolores ainda seguem na vice-liderança do Grupo A, com 24 pontos, enquanto que o Tubarão da Barra chegou aos 23 pontos, ocupando o quinto lugar da chave.

Logo no primeiro tempo, o Ferroviário marcou três vezes com Mauri, aos cinco, Edson Cariús, ex-Remo, aos 10, e Mauri, de cabeça, aos 41 minutos. No segundo tempo, o Paysandu conseguiu reagir com o gol de Ruy, cobrando pênalti, aos sete minutos. Só que o Ferrão não deu chances ao Papão e voltou a marcar mais duas vezes com Vitão de cabeça, aos 22, e Thiago Aperibé, aos 47 minutos.

O Paysandu volta a campo diante do Altos (PI), no próximo sábado (18), às 17h, no Estádio Governador Alberto Tavares Silva, o Albertão, em Teresina, partida válida pela 17ª rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C.

O jogo: Papão levou um sacode!

A primeira chegada foi do Ferroviário com Lázaro, que recebeu na área e chutou, a bola passou perto da meta do goleiro Victor Souza. No lance seguinte, o time cearense marcou. Mauri tentou passe na frente, a bola foi cortada pela defesa e sobrou para o próprio Mauri chutar para o gol, aos cinco minutos, 1 a 0. Só dava Ferroviário. Sousa Tibiri arriscou de longe e a bola passou muito perto da meta bicolor.

Com o Papão perdido em campo, o time cearense aproveitou para marcar novamente. Após lançamento de Emerson Souza, Edson Cariús, ex-Remo, ganhou do zagueiro Victor Salinas e chutou na saída do goleiro Victor Souza, aos 10 minutos, 2 a 0. O time alviceleste finalmente chegou, quando Leandro Silva cobrou lateral e Marino cabeceou para fora. O Ferroviário tentou ampliar na cobrança de falta de Gabriel Silva, a bola passou por cima da meta de Victor Souza.

Gabriel Silva tentou novamente em um chute de fora da área, mas a bola foi pela linha de fundo. Em uma tentativa do Paysandu, após cobrança de escanteio de Ruy, a bola chegou no segundo pau para João Paulo, que ainda conseguiu cruzar para a cabeçada de Leandro Silva, a bola foi para fora. O zagueiro Vitão foi ao ataque e chutou rasteiro, a redonda desviou e o goleiro Victor Souza defendeu para o time paraense.

Depois do lance, o Papão acordou na partida. Jhonnatan arriscou de longe, o goleiro Rafael rebateu nos pés de Thiago Santos, que pegou a sobra e caiu, na sequência a bola chegou para Marino, o volante sozinho cabeceou para fora. Os jogadores do Paysandu reclamaram pedindo pênalti no primeiro lance, mas nada foi marcado. No lance seguinte, Ruy chutou de fora da área e quase surpreendeu o goleiro Rafael.

Pressão bicolor. Ruy cobrou escanteio e Leandro Silva cabeceou por cima do gol. Mas quem marcou foi o Ferrão. Berguinho cruzou para a cabeçada de Mauri, aos 41 minutos, 3 a 0 Ferroviário. O Paysandu quase diminuiu, depois que João Paulo cobrou escanteio e Denilson cabeceou para fora. Logo no início do segundo tempo, após boa trama do ataque bicolor, Leandro Silva foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Ruy cobrou e diminuiu, aos sete minutos.

O Ferrão começou a se encontrar na partida novamente. Mauri cobrou falta e Victor Souza fez a defesa. Em outra tentativa dos mandantes, Lázaro chutou, o goleiro Victor Souza defendeu e soltou nos pés de Thiago Aperibé que mandou o para o gol, mas a arbitragem assinalou impedimento no lance, aos 18 minutos. O Ferroviário estava bem a vontade em campo, em uma boa trama, Thiago Aperibé fez o pivô para o chute de Diego Viana, o goleiro Victor Souza salvou o Papão.

Dioguinho, ex-Remo, cobrou escanteio, o goleiro Victor Souza afastou, a bola sobrou para o próprio Dioguinho, que cruzou para a cabeçada de Vitão, 4 a 1 para o Tubarão da Barra, aos 22 minutos. O time cearense quase ampliou, depois que Lázaro cruzou e Thiago Aperibé cabeceou para fora. Dioguinho tentou marcar o dele e arriscou de fora da área, a bola se perdeu pela linha de fundo.

O Paysandu tentou diminuir, quando Tcharlles tocou para Willian Fazendinha que chutou, a bola passou perto da meta do goleiro Rafael. Em mais uma tentativa bicolor, Diego Matos cobrou lateral, Danrlei desviou para o meio e Leandro Silva cabeceou, o goleiro Rafael saiu com os pés para fazer a defesa. Novamente o Papão chegou com Luan Santos, que se livrou de três marcadores e acabou finalizando para fora, perdendo uma grande chance para o time bicolor.

O Tubarão da Barra voltou a atacar com Dudu, mas o chute foi para fora. Diego Matos respondeu na mesma moeda e arriscou um chute de longe, a bola passou perto da meta do goleiro Rafael. Após boa tentativa de ataque do Tubarão, Dudu pegou a sobra e mais uma vez finalizou mal. Para fechar o placar, Dioguinho fez boa jogada e cruzou para a chegada e Thiago Aperibé, aos 47 minutos. Placar final: Ferroviário 5 x 1 Paysandu.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIO: Rafael; Lázaro, Vitão, Richardson e Emerson; Sousa Tibiri, Emerson Souza (Dudu) e Mauri (Dioguinho); Berguinho (Diego Viana), Gabriel Silva (Augusto) e Edson Cariús (Thiago Aperibé). Técnico: Anderson Batatais

PAYSANDU: Victor Souza; Leandro Silva, Denilson, Victor Sallinas e Diego Matos; Jhonnatan, Marino (Ratinho) e Ruy (Willian Fazendinha); João Paulo (Luan Santos), Rildo (Tcharlles) e Thiago Santos (Danrlei). Técnico: Roberto Fonseca

Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Junior (SE)

Árbitro Assistente 1: Rodrigo Guimarães Pereira (SE)

Árbitro Assistente 2: Daniel Vidal Pimentel (SE)

Quarto Árbitro: Raimundo Rodrigues de Oliveira Junior (CE)

Cartões amarelos: Mauri, Gabriel Silva, Lázaro e Vitão (Ferroviário); Roberto Júnior (Paysandu)

Gols: Mauri, aos cinco, Edson Cariús, aos 10, e Mauri, de cabeça, aos 41 minutos do 1° tempo para o Ferroviário; Ruy, de pênalti, aos sete minutos do 2° tempo para o Paysandu; Vitão de cabeça, aos 22, e Thiago Aperibé, aos 47 minutos do 2° tempo para o Ferroviário

Local: Estádio da Cidade Vozão, CT do Ceará, em Itaitinga (CE)

Por Fábio Relvas / Foto: Lenílson Santos (Ascom Ferroviário)