Paysandu derrota o Floresta (CE) fora de casa e entra no G4 do Campeonato Brasileiro da Série C

Diego Matos e Denilson marcaram os gols que garantiram a vitória ao Papão por 2 a 0
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Paysandu Sport Club voltou a campo pelo Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. Atuando na tarde deste domingo (27), o Papão encarou o Floresta (CE), e venceu o adversário, por 2 a 0, no Estádio Municipal Olímpico Horácio Domingos de Sousa, o Domingão, em Horizonte, no interior cearense. A partida foi válida pela quinta rodada da terceira divisão do futebol nacional.

Depois de um primeiro tempo pífio das duas equipes, o Papão voltou melhor para a etapa derradeira e aproveitou a questão de um jogador a mais em campo, já que o atacante Alison Mira do Floresta, recebeu cartão vermelho direto por atingir com o braço o volante Bruno Paulista, aos 15 minutos. O time bicolor cresceu na partida e abriu o placar no chutaço de fora da área de Diego Matos, aos 28, e com o gol de cabeça do zagueiro Denilson, aos 40 minutos.

Com o resultado, o Papão chegou aos oito pontos e alcançou o G4 do Grupo A, agora na quarta posição, enquanto que o Floresta é o oitavo com cinco pontos. O Paysandu volta a campo diante do Santa Cruz (PE), no próximo sábado (3), às 19h, no Estádio José do Rego Maciel, o Arruda, em Recife. A partida será válida pela sexta rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C.

O jogo: Papão no G4!

O Floresta assustou logo de saída. Elielton cruzou na área, o zagueiro Perema do Paysandu meteu a cabeça na bola, que explodiu no travessão e foi para escanteio. O Papão deu o troco com Diego Matos, que cruzou na área, a zaga cortou uma bola perigosa e quase traiu o goleiro Douglas Dias. O time cearense quase abriu o placar, quando o lateral-direito Tony, ex-Paysandu, cobrou falta com precisão e a bola caprichosamente acertou no travessão do goleiro Victor Souza.

Com um sol escaldante, a arbitragem autorizou a parada técnica para a hidratação dos atletas. Na volta para o jogo, os dois times não conseguiram chegar com perigo e o primeiro tempo fraco tecnicamente, terminou mesmo com o placar em branco. Na etapa derradeira, o atacante Elielton, também ex-Papão, arrancou bem e chutou fraquinho para a defesa do goleiro Victor Souza.

Em uma falta para o time bicolor, Bruno Paulista soltou a bomba e a bola passou rente a trave do goleiro Douglas Dias. No lance seguinte, o atacante Alison Mira do Floresta levantou muito o braço e atingiu o volante Bruno Paulista do Paysandu. O árbitro não titubeou e mostrou o cartão vermelho direto para o jogador do time cearense, aos 15 minutos. Com isso, equipe do Papão atuou com um jogador a mais em boa parte do segundo tempo.

Tendo mais campo para jogar, o time paraense foi pra cima. Israel cruzou nos pés do atacante Nicolas, que chutou e goleiro Douglas Dias salvou o time da casa. No lance seguinte, após pressão do time bicolor, escanteio cobrado e depois do rebote, o lateral-esquerdo Diego Matos soltou a bomba de fora da área e o goleiro Douglas Dias falhou feio, a redonda foi parar no fundo do barbante, aos 28 minutos, 1 a 0.

Melhor em campo pela fragilidade do adversário, o Papão aproveitou e ampliou. Ruy cobrou falta curtinha para Luan que cruzou na medida para a cabeçada de Denilson, aos 40 minutos, 2 a 0 Paysandu. O Floresta quase diminuiu, depois que em uma cobrança de falta na área, houve um desvio e o goleiro Victor Souza salvou com a ponta dos dedos para escanteio. Placar final: Floresta 0 x 2 Paysandu.

FICHA TÉCNICA

FLORESTA: Douglas Dias; Tony, William Goiano, Alisson e Fábio Alves; Jô, Marconi (Yuri Naves) e Eduardo (Flávio Torres); Elielton (Deysinho), Carlos Renato (Thalison) e Alison Mira. Técnico: Leston Júnior

PAYSANDU: Victor Souza; Israel, Perema, Denílson e Diego Matos; Bruno Paulista (Ruy), Jhonnatan e Ratinho (Paulo Roberto); Marlon (Laércio), Robinho (Luan) e Nicolas (Patrick Carvalho). Técnico: Vinícius Eutrópio

Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (CBF/PE)

Assistente 1: Clóvis Amaral da Silva (CBF/PE)

Assistente 2: Karla Renata Cavalcanti de Santana (CBF/PE)

Quarto árbitro: Renato Pinheiro (CBF/CE)

Cartões amarelos: Tony e Eduardo (Floresta) e Jonas Sampaio (preparador de goleiros), Marcelo e Nicolas (Paysandu)

Cartão vermelho: Alison Mira (Floresta)

Gols: Diego Matos, aos 28, e Denilson, de cabeça, aos 40 minutos do 2° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Municipal Olímpico Horácio Domingos de Sousa, o Domingão, em Horizonte (CE)

Por Fábio Relvas / Foto: Ronaldo Oliveira (Ascom Floresta)