Parauapebas tem seis cursos e 266 vagas públicas; veja quais

Zootecnia, Agronomia, Engenharias, Administração e Automação Industria serão acessados a partir da nota no Enem. Candidatos de Parauapebas não tiveram problema com nota trocada.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Na próxima terça-feira (21), estará aberta a temporada de caça às vagas de ensino superior em universidades públicas espalhadas pelo Brasil, e em Parauapebas — onde anualmente 2.500 jovens concluem ensino médio — não será diferente. É que o Ministério da Educação vai dar largada a mais uma edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o maior leilão de cursos de graduação do mundo. As vagas disponíveis em Parauapebas podem ser conferidas aqui.

Na capital do minério, vão ser oferecidas 266 cadeiras em seis cursos, cinco na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e um no Instituto Federal do Pará (IFPA). Pela Ufra, o Sisu trará 50 vagas nos cursos de Zootecnia, Agronomia, Engenharia Florestal, Engenharia de Produção e Administração. Os três primeiros têm aulas diurnas e os dois últimos são ministrados à noite. Já o IFPA abrirá mais uma turma noturna, com 16 vagas, do curso de Automação Industrial.

Para participar da seleção via Sisu, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujo resultado foi divulgado na última sexta-feira (17). A nota do Enem é o passaporte de acesso para a maioria dos cursos de graduação públicos ofertados pelas instituições federais de ensino superior e também por várias universidades estaduais. 

Notas trocadas

O Ministério da Educação (MEC) informou neste sábado (18) ter identificado troca de gabaritos na segunda prova do Enem. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que um número “muito baixo” de alunos foi afetado — o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estima em menos de 9.000 alunos. O MEC montou plantão de atendimento e prometeu resolver o problema até segunda-feira (20), véspera da abertura do Sisu. E garantiu que o cronograma do Sistema de Seleção Unificada não sofrerá alteração.

De acordo com o governo, foram identificados casos de notas trocadas em Minas Gerais, precisamente no município de Viçosa. Em Parauapebas não teria ocorrido o problema. Ainda assim, se algum candidato desconfiar de sua nota e achar que ela tem relação com o problema, pode pedir revisão ao Inep. É preciso enviar mensagem de correio eletrônico com nome e CPF para enem2019@inep.gov.br.

Publicidade