Parauapebas: em virtude do plebiscito Jatene adia vinda do governo itinerante

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Previsto para o início de dezembro, a vinda do governador Simão Jatene foi adiada por motivos de interesse da região sul e sudeste do Estado. Quem falou sobre o assunto foi o representante do governo em Parauapebas, José Rinaldo Alves de Carvalho, presidente do PSDB no município. Ele explicou que o motivo do adiamento da vinda do esperado governo Itinerante se deu por causa da realização do plebiscito para emancipação dos Estados do Tapajós e Carajás, no dia 11 de dezembro.

“Não podemos tirar o foco de um ato único e importante para todos. Agora temos que investir todas nossas energias e tempo para a conscientização dos eleitores”, explicou Rinaldo.

O presidente tucano assegura que os dias que antecedem serão usados para ouvir a comunidade e lideranças na tentativa de diagnosticar os problemas que requerem solução urgente na região. Para isto uma equipe da Casa Civil instalará escritório do governo estadual no quartel do 23º Batalhão da Polícia Militar. O objetivo da equipe, segundo Rinaldo, será levantar os problemas relacionados à ausência de ações do Estado para depois trazerem as ações do Governo Itinerante.

Fonte: Assessoria de Comunicação do PSDB/Parauapebas

Publicidade