Paragominas: PM prende quarteto por tráfico de drogas na Vila Canaã

Foram apreendidos mais de 800 gramas de óxi e certa quantia em dinheiro. A ação foi realizada por uma equipe do 19º BPM e Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Quase 800 gramas de óxi, dinheiro e balança de precisão foram apreendidos com os acusados

Continua depois da publicidade

Quatro pessoas foram presas suspeitas de comercializar entorpecentes na Vila Canaã, no município de Paragominas, na região sudeste do Pará. A ação foi realizada sexta-feira (19), por equipes do 19° BPM, com apoio de militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

De acordo com a Polícia Militar, os militares do 19° BPM estavam em uma balsa que realiza a travessia do Rio Capim até a vila, quando perceberam uma mulher acompanhada de um mototaxista, que se mostravam bastantes nervosos com a presença dos militares. Ao descer da embarcação, os agentes realizaram a abordagem e nada de ilícito foi encontrado, porém ao serem questionados separadamente sobre o motivo da visita a Vila Canaã, os dois entraram em contradição e posteriormente a mulher confessou que havia entregado drogas em um bar da localidade.

Uma ação foi organizada com a atuação de militares do 19° BPM e do BPRv para verificar as informações e durante as buscas no estabelecimento indicado foram apreendidos uma barra de óxi pesando  752g; 63 papelotes da mesma droga, que estavam prontos para revenda; R$ 231 em espécie; uma balança de precisão; e produtos utilizados para embalar a droga. A mulher, o mototaxista e mais duas pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil do município de Ipixuna do Pará, nordeste do estado, que fica mais próximo da localidade, para os procedimentos cabíveis.

O óxi, também conhecido como “rapadura do diabo”, é uma droga considerada ainda mais nociva que o crack. Sua composição leva pasta base da cocaína, cal virgem e algum combustível como querosene, gasolina e água de bateria.

Tina DeBord- com informações da PM