Para facilitar aliança com partidos de oposição, José Rinaldo (PSDB) desiste de ser vice do PSD em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por Lima Rodrigues

Conforme antecipado pelo Blog, em reunião realizada no auditório da sede do PSD na noite desta quinta-feira (3) para uma plateia composta por presidentes ou representantes de vários partidos políticos, como por exemplo, PTB, PRB, PL, DEM e PV, o empresário José Rinaldo (PSDB) anunciou a sua desistência da pré-candidatura a vice-prefeito na chapa do também empresário Valmir da Integral, do PSD. Segundo Zé Rinaldo, o anúncio “ facilitará a negociação do PSD com os outros partidos de oposição em Parauapebas e buscará um vice que possa agregar força e contribuir com essa luta”.

Ele disse que pensou muito sobre o assunto após conversar com algumas pessoas que o procuraram. “Com a minha saída da proposta inicial de ser o possível vice do Valmir em sua pré-candidatura à prefeitura de Parauapebas, o PSD poderá compor com outros partidos e isso é importante porque queremos juntar força com todas as correntes políticas visando à melhoria da nossa cidade”, afirmou Rinaldo.

José Rinaldo destacou que a meta é encontrar um nome positivo entre os partidos de oposição para vencer a eleição municipal de 2012. “Vamos procurar um nome que possa fazer com que a nossa aliança cresça, com um vice atuante, para ganharmos o pleito”, frisou. Revelou que sempre disse para o empresário Valmir da Integral que ele seria o pré-candidato do grupo, ressaltando estar consciente que “ainda não é a sua hora”.

Apoio de Jatene
O presidente do PSDB no município negou que o deputado federal tucano Wandenkolk Gonçalves (PSDB-PA) tenha se precipitado ao anunciar a composição da pré-chapa PSD-PSDB há algumas semanas em Parauapebas. “O deputado não foi precipitado. Ele achava que não poderíamos ficar enrolando e perdendo tempo na definição da chapa, mas ao conversar com ele e com o governador Simão Jatene, eu senti que poderíamos abrir portas para uma ampla aliança e tome essa decisão. O futuro vice tem que ser o melhor. Queremos uma aliança boa para Parauapebas. O governador e o deputado Wandenkolk entenderam perfeitamente e o Valmir continua sendo o candidato do governador”, disse ele.

José Rinaldo anunciou que o governador Jatene virá em breve em Parauapebas anunciar o início de várias obras, inclusive de duas escolas profissionalizantes e a instalação do Prodepa no município. “O Prodepa é o centro de processamento de dados do estado. Com a vinda do Prodepa, a internet vai melhorar na cidade. Vamos procurar ficar menos dependente possível de Marabá (PA). Ainda serão implantados na cidade o Instituto de Medicina Local (IML) e uma clínica de hemodiálese”.

Apesar da retirada de seu nome do páreo municipal, José Rinaldo afirmou que outros nomes do PSDB podem ser o indicados, assim como qualquer um outro nome dos partidos de oposição.

O pré-candidato a prefeito de Parauapebas pelo PSD, Valmir da Integral, agradeceu aos partidos e a imprensa presentes à reunião e parabenizou José Rinaldo pelo desprendimento e “a maneira como ele está conduzindo o processo eleitoral”.

Valmir da Integral declarou que chegou a hora da oposição atingir o poder em Parauapebas. “Não podemos é deixar que continue o desmando do município. E a partir de hoje vamos chamar os partidos políticos para conversar e a vaga de vice está aberta a todos os partidos que estão nessa aliança. Parauapebas não suporta mais oito anos de desmando. Nosso município tem peso econômico e o mais importante é a nossa disposição de estar lutando por essa grande transformação social da cidade”.

Valmir afirmou ainda que, “o governo que está aí vai entregar o município pior do que recebeu e isso é uma aberração, por isso precisamos de musculatura e aquele que mais somar e facilitar a vitória será o que estará ao nosso lado na disputa eleitoral”. Valmir finalizou suas palavras dizendo confiar nas propostas inovadoras dos partidos de oposição. “Apostamos em um grande projeto e em nossas propostas. Juntos, vamos à vitória em outubro”.

O empresário da área de comunicação (Arara Azul FM), Raimundo Cabeludo, disse que o PR lançou o nome dele como pré-candidato a prefeito de Parauapebas, mas que o partido está aberto ao diálogo com outros partidos. “Há várias possibilidades. Em dois meses, até o início da campanha oficial, se decide muita coisa. O resultado a gente vai saber depois das convenções partidárias dia 30 de junho”, declarou Cabeludo, que já foi prefeito do município de João Lisboa (MA), deputado estadual e deputado federal Constituinte.

Publicidade