Polícia

Operação policial resulta na prisão de acusado de estupros em série em Xinguara

Uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil resultou na prisão de José Riuer Silva de Souza, acusado dos crimes de estupro tentado e consumado, em Xinguara, sudeste paraense. A prisão foi realizada pela equipe de policiais civis da Seccional do município em parceria com a policiais militares locais. Ele foi localizado após quatro meses de investigações, o acusado foi preso. Ele é apontado como responsável em abusar sexualmente, pelo menos, 15 mulheres na cidade e localidades adjacências.

Segundo o delegado José Orimaldo Farias, dois depoimentos ouvidos na Delegacia ajudaram a equipe da Polícia Civil a chegar até a identidade e o endereço do suspeito. Na casa de José, os policiais civis encontraram uma moto e peças de vestuário que foram reconhecidos por vítimas dos crimes.

Ao ser abordado, o acusado acabou se entregando dizendo que “nunca havia mexido com mulher nenhuma”, mesmo sem ninguém ter falado nada ao acusado. Na Delegacia, as mais de 15 mulheres reconheceram também o acusado sem dúvidas. Durante interrogatório, o acusado acabou por confessar os crimes alegando que era usuário de drogas e de álcool.

Segundo ele, enquanto estava sob influência dos entorpecentes e da bebida alcoólica, ele não tinha controle sobre o que fazia na rua. O preso alegou ainda que que pode ter praticado várias tentativas de estupro, mas que poucas foram os crimes consumados. Dentre as vítimas, três revelaram que foram estupradas. Após a confissão do acusado, o delegado Orimaldo solicitou a prisão preventiva do acusado ao Poder Judiciário. De pronto, a Justiça decretou a ordem de prisão.

Deixe seu comentário