Novo Plano de Gestão Estratégica é foco da diretoria do Águia de Marabá

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Após o auge da crise que se abateu sobre o Águia de Marabá Futebol Clube, culminando inclusive com a renúncia do presidente Sebastião Ferreira Neto (Ferreirinha) e do treinador João Galvão, quando chegou a ser noticiada até a extinção do time, a diretoria de reuniu pela primeira vez na noite de ontem (26), com Ferreirinha, que recuou da decisão – assim como Galvão – presidido o encontro.

Durante a reunião, os dirigentes participaram de um workshop sobre o Plano de Gestão Estratégica, ministrado pelo consultor Emerson Caldas, de Belém, que repassou ao grupo informações importantes que irão nortear os novos rumos do Águia.

Com o plano de gestão, a diretoria busca leva o clube novamente à Série C. A longo prazo, o objetivo é desenvolver o time para que consiga alçar voos maiores, inclusive chegando à elite do futebol brasileiro.

Além de Ferreirinha, participaram Pedro Corrêa Lima, presidente da Câmara Municipal e vice-presidente do clube; o juiz federal do Trabalho, Jônatas Andrade; o vice-prefeito de Marabá, Toni Cunha; e o empresário Tarcísio Marques, entre outros conselheiros.

“A iniciava da diretoria do Clube só cabe em uma palavra: sensacional! Da emoção ao convencimento por uma estratégia de longo prazo, chegamos a consciência de que o Águia é e será instrumento de um mundo melhor para nós! Confesso-me surpreso”, exclamou o juiz Jônatas Andrade.

Ele entende que a missão da diretoria é reerguer mais que um clube de futebol, mas “um instrumento de solidariedade e emoção dos marabaenses para superação dos seus desafios”. (Com informações da Assessoria de Comunicação)

Publicidade
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir