Notícias

Nota de esclarecimento da Prefeitura de Eldorado dos Carajás

A Assessoria de Comunicação da prefeitura de Eldorado dos Carajás encaminhou nota de esclarecimento sobre a postagem “ Polícia Civil flagra exercício ilegal da medicina em Eldorado dos Carajás” publicada …

A Assessoria de Comunicação da prefeitura de Eldorado dos Carajás encaminhou nota de esclarecimento sobre a postagemPolícia Civil flagra exercício ilegal da medicina em Eldorado dos Carajás” publicada no dia 08 no Blog. Abaixo, Ipsis litteris (texto foi transcrito fielmente), a nota encaminhada:

NOTA DE ESCLARECIMENTO / PREFEITURA MUNICIPAL DE ELDORADO DO CARAJÁS -PA

FONTE: ASCOM – ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO /calsione sousa

SEXTA FEIRA 10/01/2014 ELDORADO DO CARAJÁS – PA

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Eldorado do Carajás Vem através desta Prestar esclarecimentos Sobre o Episódio Ocorrido Na Ultima Terça-feira Envolvendo o Estagiário de Medicina Dr.Elizeu da Silva Barreto.

Informamos Ao Publico Geral e Usuários da Rede Municipal de Saúde de Eldorado Que é De Interesse da Prefeitura deixar Claro que o Estagiário Citado Na Matéria Publicada Não Estava Trabalhando de Maneira Irregular, Segundo a Direção do hospital Municipal o Dr. Elizeu da Silva Barreto Era estagiário e Trabalhava Sob Supervisão dos Médicos; Dr. Carlos e Dr. guerino, Ambos Registrados No Conselho Regional de Medicina (CRM).

Informamos Ainda Que Como Estagiário o Dr. Eliseu Suposto Acusado, Não Poderia Prescrever Recita ou Muito Menos Consultar, o Mesmo apenas acompanhava o Trabalho dos Médicos de Plantão e Observava os Atendimentos Como é de praxe nos Casos de Estágio.

É lamentável Que a policia Civil Tenha Agido Sem Investigar o Caso ou Perguntar a Direção do Hospital Sobre a situação do Médico, simplesmente Chegou Com Uma denuncia Anônima e Já foi Dando Voz de Prisão ao Rapaz !

Sobre as Supostas receitas Prescrevidas Pelo Dr. Elizeu Com Carimbo do Dr. Carlos Ozario Lacerda ! Informamos que o Próprio Dr. Carlos é quem Analisava os Casos de Cada Paciente e Prescrevia as Receitas de acordo com Cada situação do Paciente, e Não o Dr. Elizeu Como Supõem as matérias Publicadas nas redes Sociais.

Pois o estagiário era Supervisionado Pelo Próprio Dr. Carlos e Dr. Guerino e Ainda Não Poderia Exercer a Pratica da Medicina Sem Apresentar a sua Inscrição no CRM.

O Estagiário só Foi Aceito no Hospital Após a Confirmação e Acordo Entre a Faculdade de Medicina da Bolívia Onde o Dr. Elizeu Faz o Curso Inclusive em faze de Conclusão e o Município de Eldorado, Tudo de acordo Com a Léi , com as documentações Necessárias de Contrato e Comprovação da Justiça Dentro das medidas Cabíveis Nesse Caso.

Só Então o Estudante Foi Aceito Pelo Hospital Municipal Apenas Como Estagiário e Sob Supervisão de Médicos Experientes e Com Registro No Conselho Regional de Medicina.

Nada Tem Haver o Prefeito Divino Campos Com o Ocorrido Como Citou o Locutor da Radio Liderança FM Vanderlei Mota Em seu Programa matinal, O Prefeito Tende a Zelar e Proteger o bom Funcionamento da Saúde Publica como tem Feito desde que Assumiu seu Mandato.

Não Se Permite irregularidades Ou Episódios de Tal Gravidade dentro da Gestão do Prefeito DIVINO CAMPOS, sendo Tudo isso Um Grande e lamentável caso de equivoco por parte da Policia Civil.

Sem Mais para o momento Agradecemos a Compreensão de Todos e Nos Colocamos a Disposição para Prestar Maiores Esclarecimentos Sobre o Assunto.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Eldorado dos Carajás

21 comentários em “Nota de esclarecimento da Prefeitura de Eldorado dos Carajás

  1. Indignada Responder

    Esse texto e o fato representam a gestão do saudoso Divino do Posto, lamentável o que Eldorado está passando, gestão totalmente incompetente, do prefeito a esse Calsione, e o “Dr” em questão realmente exercia ilegalmente a profissão médica, e a polícia civil deveria processar esse indivíduo “escritor” por tanta besteira proferida.

  2. Wagner Junior Responder

    Calsione Sousa você poderia, pelo menos, utilizar um Dicionário Aurélio compacto ao redigir seus textos. Porém, nem sei se resolveria pois além de erros crassos de ortografia há, ainda, erros de pontuação e concordância. Mobral é phoda!!!

  3. Paulo Responder

    É verdade ronaldo da abaete um dia levei meu filho de dois meses na emergencia do hospital municipal quem atendeu foi esse elizeu percebi que durante a consulta ele teclava no celular e só depois receitou um medicamento suspeitei que ele pesquisou na internet. saindo do consultório percebi que a assinatura era do dr.carlos voltei a recepção e perguntei se o medico se chamava Elizeu e porque ele assinava com o carimbo do doutor carlos a moça disse que era assim mesmo, portanto ele assinou a receita sem a presença do dr.carlos ou outro qualquer. resolvi então não comprar os remedios pro meu filho.
    diante disso acho que há culpa da prefeitura sim por colocar a vida de pessoas em risco por causa de acordo político, pois tenho certeza que esse elizeu só foi contratado por ser baba ovo do prefeito por que capacidade ele não tem.

  4. RONALDO DA ABAETE Responder

    …. É seu calsione, vc poderia ficar na sua e parar de redigir
    tanta asneira, cuidado vc está colocando a culpa do erro
    de vcs na policia civil, varias pessoas já foram atendidas pelo
    ” dr elizeu ” … ele mesmo que receitava e medicava os
    pacientes enquanto isso os médicos responsáveis nem se
    encontravam no HMEC… Várias pessoas foram atendidas
    por ele as receitas constavam no hospital assinadas pelos
    doutores e quem se passava por eles … é o seu ” dr elizeu ”
    Nem crm tem.

  5. LIMASILVA Responder

    Entre muitas coisas uma me chama atenção o cidadão é estagiário ou “Dr”. as duas coisas parecem ser conflitantes pois na nota é informado que ele ainda esta fazendo o curso.
    Mesmo que esteja no final ainda não terminou portanto não tem diploma. se não tem não poderia ser chamado nem de MEDICO muito menos de “Dr” pois para isso precisaria de um doutorado.

  6. É CHOCANTE!!! Responder

    É chocante o texto enviado por um órgão institucional. Essa pessoa (a quem não podemos chamar de escritor) deve ter ficado horas para conseguir tal aberração e representar o prefeito tão respeitável como diz na nota. Chegamos a esquecer o fato, que tem grandes chances de realmente ser um estagiário mal identificado e talvez fazendo o que os responsáveis pelo atendimento não faziam.

  7. Wanderley Mota Responder

    …Não Se Permite irregularidades Ou Episódios de Tal Gravidade dentro da Gestão do Prefeito DIVINO CAMPOS, sendo Tudo isso Um Grande e lamentável caso de equivoco por parte da Policia Civil.
    E o que aconteceu então???

  8. Lane Santos Responder

    Tantos argumentos e a gente não consegue se concentrar para entender… os erros de escrita, concordância e tudo mais não deixam…

  9. RAIMUNDO NONATO Responder

    A policia civil do Pará deveria ser extinta,são todos corruptos e so visam tomar dinheiro da população de Eldorado e Região. Isso ai devem ter sido feito em razão de alguma retaliação por parte da Policia. Certamente gestor publico não concordar com certas exigencias policias.

  10. Bel Marquez Responder

    Errar, todo mundo erra. E só continua errando, quem tem preguiça de pegar a borracha e corrigir.

  11. Caio N.Nogueira Responder

    É muito fácil dizer perdoe afinal todo mundo erra! mais quero ver perdoar! falar é fácil quando o erro não foi com você então parem de ser mediócres ,Pois a vingança é um prato que se come frio! e se você errou , pode ter certeza de que irá pagar!

  12. Maria ribeiro da silva Responder

    Meus Deus !! Rui Barboza deve estar se revirando no túmulo, ao ver tantos erros em uma nota só.

    • Wagner Junior Responder

      Com certeza, Maria Ribeiro, você foi contaminada pela mesma “síndrome da burrice” que acomete o autor do texto, já que o Rui é Barbosa e não Barboza. Lamentável mesmo o nível cultural desse país. É flórida!!!

  13. SANDRO RIBEIRO DIAS Responder

    SERÁ QUE NA ASCOM DE ELDORADO DOS CARAJÁS NÃO TEM ALGUÉM ALFABETIZADO PARA ENVIAR O TEXTO CORRIGIDO ?

Deixe seu comentário