Nos últimos oito meses cerca de 33,9 novas residências foram edificadas diariamente em Parauapebas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Município recebe cerca de 160 novos moradores a cada dia. Média de crescimento populacional é treze vezes maior que a média nacional.

Em outubro de 2011 o Blog publicou com exclusividade relatório do Departamento de Vigilância Ambiental de Parauapebas, órgão ligado a Secretaria Municipal de Saúde, com dados populacionais do município no período compreendido entre julho e agosto de 2011. Naquele relatório, Parauapebas contava com 218.104 habitantes, distribuídos nos 55 bairros das zonas urbana e rural.

Dados atualizados do Departamento de Vigilância Ambiental de Parauapebas apontam que o município de Parauapebas contava, em abril de 2012, com 256.011 habitantes, um crescimento de 37.907 habitantes ou 17,38%.

Pelos números, nos últimos oito meses Parauapebas recebeu diariamente cerca de 160 pessoas. Para se ter ideia, o Rio Verde, bairro de maior população, tinha há oito meses 27.430 habitantes. Hoje, houve um crescimento de 2.768 habitantes (11,5/dia) perfazendo um total de 30.198 habitantes. 10,09% de crescimento em oito meses.

Ha oito meses, Parauapebas contava com 76.916 residências. Os números atuais apontam 85.054, um crescimento 8.138 residências (10,58%) ou 33,9 novas residências a cada dia.

Segundo o IBGE, em estudo publicado em agosto de 2011, o crescimento médio da população brasileira em municípios com população entre 200 mil e 500 mil habitantes é de 1,99% ao ano. A média de crescimento populacional de Parauapebas é, segundo o levantamento do DVAP, de 26,07%,  portanto, treze vezes maior que a média nacional.

Outros números de Parauapebas

16.205 – número de habitantes menor que 5 anos;
4.919 – número de habitantes maior que 60 anos;
220.538 – número de habitantes com idade entre 5 e 59 anos;
2.677 – número de quarteirões;
22.476 – número de cães;
12.508 – número de gatos.

8 comentários em “Nos últimos oito meses cerca de 33,9 novas residências foram edificadas diariamente em Parauapebas.

  1. Araújo Responder

    Essa quantidade de cães e gatos são os que têm controle, não é mesmo? E o que fazer para controlar os cães e gatos “sem tetos” e “sem donos”, qual é a política?

  2. Nome (obrigatório) Responder

    E PORQUE NINGUÉM FALA DO LIXO, ESGOTO, FALTA DE SANEAMENTO BÁSICO E TUDO MAIS…..NA DARCILÂNDIA É ASSIM O POVO TRABALHA E CRESCE A CIDADELA DESORDENADA E SEM PREFEITO!! A FAVELA NACIONAL DO MINÉRIO….RSRS

  3. Leila Responder

    Tem razão de Parauapebas ser essa bagunça, não ha quem dê conta de produzir benfeitorias para tantan gente em tao pouco tempo

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: