Na véspera de formatura de novos policiais, PMs são presos por assalto ao Banpará

Dois sargentos e um cabo serão levados ainda hoje para audiência de custódia no Fórum de Marabá, acusados de dar fuga a 3 assaltantes em Bom Jesus
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Amanhã, quinta-feira, 12, o Comando da Polícia Militar do Pará realiza formatura de 100 novos policiais militares em Marabá. Todavia, 24 horas antes, três representantes da mesma corporação foram presos nesta quarta-feira e trazidos para o prédio onde funciona o CPR-II, na Folha 31, ao lado do escritório da Cosanpa. Dois sargentos e um cabo da PM são acusados de ajudar a dar fuga aos participantes do assalto que aconteceu na madrugada de ontem à agência do Banpará de Bom Jesus do Tocantins, a 66 km de Marabá.

O trio seria lotado no Destacamento de Nova Ipixuna e teria dado suporte ao roubo que se deu com explosão de caixas eletrônicos na madrugada. Os nomes dos três PM’s ainda não foram divulgados para a Imprensa e o comandante do CPR, coronel Mauro Sérgio, promete uma entrevista coletiva para a tarde desta quarta-feira com a presença de oficiais do Comando Geral da PM, vindos de Belém.

Os três policiais são acusados de dar apoio logístico aos demais membros do bando. Equipes de policiais seguem na região de Bom Jesus, na mata, ainda tentando prender parte da quadrilha.

Junto com os militares, outras três pessoas também foram detidas. Os policiais, sendo dois sargentos e um cabo, são lotados na cidade de Nova Ipixuna. A equipe da Polícia Civil de Bom Jesus do Tocantins deu início às investigações que foram assumidas pela Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB) e Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

O advogado Genésio Queiroga Neto, da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar, confirmou a prisão dos três militares. “Em relação ao auto de prisão em flagrante, dado o caráter sigiloso da investigação policial, a gente não vai se manifestar, mas de fato tem três policiais no CPR II em Marabá, mas que não cometeram delito algum, conforme vai ficar provado na instrução criminal”, defendeu.

NOTA PM

No início da tarde de hoje, a Polícia Militar divulgou a seguinte nota sobre a detenção dos três policiais militares:

“O Comando de Policiamento Regional (CPR) 2 da Polícia Militar, com sede em Marabá, já acompanha o caso da detenção de três policiais militares, sendo dois sargentos e um cabo, por suposto envolvimento na fuga de três criminosos que teriam participado do assalto, ocorrido ontem, à agência do Banco do Estado do Pará em Bom Jesus do Tocantins. Os militares, lotados em Nova Ipixuna, estão detidos na Superintendência de Polícia Civil de Marabá e devem passar por audiência de custódia ainda nesta quarta-feira, 11.

Ulisses Pompeu – de Marabá
Publicidade