Mulher é flagrada pela Polícia Militar com maconha e crack em Parauapebas

Na casa dela foi encontrado um caderno usado para anotar a contabilidade do tráfico, com os nomes os clientes, e o valor dívida de cada um
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por das 18h40, de ontem, sábado, 30, uma guarnição da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motos (Rocam), do   23° Batalhão de Policia Militar de Parauapebas, prendeu e apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, acusada de tráfico de entorpecentes, Mickaelle Silva Pereira. Com ela, os policiais militares encontraram

89 gramas de e sete gramas de crack, além de três aparelhos celulares, um caderno de anotações referente à venda de drogas, material para embalar os entorpecentes, quatro relógios de pulso femininos e duas cartas.

A prisão da mulher ocorreu durante ronda pelo Bairro da Paz, na Rua Lauro Corona, próximo a uma lanchonete. Abordada, Mickaelle foi solicitada a esvaziar os bolsos e, de cada um, ela tirou uma porção de droga enrolada em papel alumínio.

Na casa da mulher, na Rua do Arame, já com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO) da cadela policial Raica, os PMs encontraram mais maconha e crack e os demais materiais apreendidos. Mickaelle Silva Pereira foi conduzia à Delegacia de Polícia Civil e entregue ao delegado Dufrae Abade Paiva para os procedimentos legais.

(Caetano Silva)