Marabá: Vinicius Gatti se apresenta à justiça para responder pela morte de Fabbllu

Segundo a defesa, o que aconteceu foi uma tragédia, pois "a vítima e Vinícius eram amigos e a arma disparou acidentalmente".
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print
Foto feita antes do acidente. Vinícius Gatti (esquerda) e seu amigo Fabbllu (direita)

Continua depois da publicidade

O jornal Correio do Carajás informou há pouco, e o Blog confirmou, que na manhã desta segunda-feira, 3, o advogado Erivaldo Santis apresentou, na sede do Departamento de Homicídios, Vinícius Nogueira Gatti, suspeito de assassinar Fabbllu Ohara de Lima Gonçalves. O crime aconteceu na noite da última quarta-feira, 29, na casa de Vinícius.

O advogado disse que já havia entrado em contato com o delegado William Crispim no dia seguinte ao homicídio e que tentou apresentar o suspeito ainda na sexta-feira. Porém, o delegado estava em missão, de modo que a apresentação só foi realizada hoje.

Ainda de acordo com o advogado, o que aconteceu foi uma tragédia, pois a vítima e o Vinícius eram amigos e a arma disparou acidentalmente.

Perguntado onde estaria a arma do crime, o advogado disse que Vinícius a jogou no rio. Disse também que seu cliente comprou a arma na mão de um caminhoneiro, recentemente.

Ainda segundo a versão do advogado, o que aconteceu foi uma série de erros. “O primeiro foi ele ter comprado essa arma”, disse o advogado, acrescentando que se trata de uma pistola 380. Vinícius Gatti presta depoimento durante toda esta manhã ao delegado William Crispim, que ainda não conversou com a Imprensa. Mais informações no decorrer do dia. (Chagas Filho – Correio do Carajás)

Publicidade