Marabá: Sefa apreende 12 toneladas de amêndoas de cacau avaliadas em mais R$ 500 mil

A carga foi apreendida, nesta sexta-feira (16), na Rodovia Transamazônica. A carga seguia de Novo Repartimento, no sudeste do Pará, para Itabuna, no sul da Bahia, sem o recolhimento antecipado do ICMS
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Na manhã desta sexta-feira (16), servidores da Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa), lotados na Coordenação de Mercadorias em Trânsito de Carajás, com sede em Marabá, sudeste do estado, apreenderam uma carreta com 12 toneladas de cacau em amêndoas, que saiu de Novo Repartimento, também no sudeste do Pará, com destino a Itabuna, no sul da Bahia. A apreensão ocorreu no posto fiscal do km 9 da Rodovia BR-230 (Transamazônica).

Segundo a Sefa, o valor da mercadoria é de R$ 504,663 mil. Os fiscais verificaram que havia documento fiscal, mas não fora feito o recolhimento antecipado do ICMS devido na saída interestadual. Foi lavrado um Termo de Apreensão e Depósito (TAD), no valor de R$ 84,783 mil, referente ao imposto e à multa.

De acordo com o coordenador da unidade fazendária, Gustavo Bozola, sempre está se encontrado esse tipo de situação, quando se tenta burlar o fisco transportando mercadorias consideradas primárias, de grande valor, saindo do estado sem o devido recolhimento do ICMS. “A legislação é clara ao prever a antecipação do imposto”, explicou o coordenador.

A mercadoria segue retida à espera do pagamento do tributo. O Pará é o maior exportador de cacau do País.

Tina DeBord