Marabá: Operação Piracema já apreendeu 70 quilos de pescado

Também já foram apreendidos 3.200 metros de rede de emalhar, duas tarrafas e 40 metros de espinhel. As fiscalizações ocorrem entre a Vila do Espirito Santo, em Marabá, e Lago dos Macacos, no município de Itupiranga
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Desde o início do período do Defeso da Piracema, que começou no dia 1º de novembro, a Secretaria de Meio Ambiente de Marabá (Semma) vem realizando operações de fiscalização para coibir a pesca irregular nos rios do município. Ema mais uma operação realizada no último fim de semana, os agentes apreenderam 15 kg de pescado, totalizando 70kg de peixes apreendidos desde o início do período do Defeso.

A fiscalização acontece por terra (em vicinais) e nos rios Tocantins e Itacaiúnas. As fiscalizações são realizadas entre a Vila do Espirito Santo, em Marabá; e Lago dos Macacos, no município de Itupiranga. Segundo a Semma, ao todo já foram apreendidos 3.200 metros de rede de emalhar, duas tarrafas e 40 metros de espinhel durante o período.

Os pescados apreendidos são distribuídos em comunidades carentes e os apetrechos de pesca são incinerados. O período do Defeso da Piracema segue até o final de fevereiro, período de reprodução de espécies das bacias dos rios Tocantins e Itacaiúnas, quando fica proibida a pesca comercial, apenas para consumo das famílias ribeirinhas. 

(Tina Santos)