Marabá é retirada da lista de cidades que devem cumprir lockdown

PGE informou que decisão foi atendendo pedido do prefeito Tião Miranda
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informou via Agência Pará que após manifestação contrária por parte da prefeitura, o Estado decidiu por retirar Marabá da lista de cidades onde há suspensão total das atividades não essenciais, durante período de lockdown.

De acordo com a gestão do Município, ainda não há colapso no sistema de saúde da cidade, o que não justificaria medidas mais rigorosas de combate à doença.

A determinação retirando Marabá será publicada ainda nesta segunda-feira (18), em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE).

O município apresentava, até às 19 horas desta segunda-feira, 326 casos confirmados de pacientes infectados pelo novo coronavírus, com 52 óbitos.

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA DE MARABÁ

Segundo informou agora há pouco a Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que após manifestação contrária por parte da prefeitura, o Estado decidiu por retirar Marabá da lista de cidades onde haverá suspensão total das atividades não essenciais, durante período de lockdown. De acordo com a gestão do Município, ainda não há colapso no sistema de saúde da cidade, o que não justificaria medidas mais rigorosas de combate à doença. A determinação será publicada ainda nesta segunda-feira (18), em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE).

Permanece, portanto, a validade do decreto 038/2020, que mantém aberto apenas os serviços considerados essenciais.

A partir de amanhã, o Comitê de Gestão da COVID 19, iniciará uma agenda de negociação com empresários e micro-empresários locais para estabelecer um cronograma de reabertura gradativa do comércio local.

Ascom PMM

Publicidade