Marabá

Marabá: abertura da Sessão da Alepa é marcada por polêmica entre Tião Miranda e a bancada do PT

Por Paulo Costa – de Marabá O que era para ser uma sessão para ouvir as demandas dos municípios do sudeste do Pará transformou-se em um palanque antecipado da eleição …

Por Paulo Costa – de Marabá

O que era para ser uma sessão para ouvir as demandas dos municípios do sudeste do Pará transformou-se em um palanque antecipado da eleição do próximo ano. Hoje (14) pela manhã, no Casarão Eventos, em Marabá, o deputado estadual Sebastião Miranda Filho, o Tião Miranda (PTB) fez uso da palavra durante a solenidade de abertura dos trabalhos da Sessão da Assembleia Legislativa do Pará em Marabá e acabou dando alfinetadas no governo do PT, afirmando que apenas o governo do Estado tem obras em Marabá.

Tião MirandaTião enumerou os investimentos do governo de Simão Jatene em Marabá e região, como a construção do Centro de Convenções, construção da escola Anísio Teixeira, entre outras, e relembrou que o governo federal prometeu construir a hidrovia Araguaia Tocantins, com o derrocamento do canal do Lourenço, mas até agora isso não aconteceu.

Antes mesmo de Tião terminar seu discurso, os oito deputados da bancada do Partido dos Trabalhadores começaram um zum-zum-zum entre si, articulando uma manifestação. O deputado petista Airton Faleiro foi até o presidente da Alepa, Márcio Miranda (DEM) e ameaçou que a bancada do seu partido iria abandonar a sessão itinerante em Marabá se um representante do PT não pudesse usar da palavra na abertura para rebater as críticas de Tião Miranda.

Waldir GanzerAcuado, Márcio Miranda abriu o espaço e o deputado Waldir Ganzer (PT) foi à tribuna e rebateu o discurso de Tião, dizendo que as sessões fora do parlamento não deveriam servir para atacar este ou aquele governo, mas para ouvir as demandas regionais e apresentá-las, através de emendas, ao governo estadual ou até mesmo cobrar do governo federal o que for de sua competência.

O embate deve continuar agora à tarde, quando outros petistas terão espaço na tribuna e prometem apimentar ainda mais o debate iniciado por Tião Miranda.

A sessão da Alepa em Marabá continua até amanhã, quarta-feira, quando serão ouvidos vereadores e representantes de associações de moradores e demais entidades comunitárias.

Deixe seu comentário