Jovens paraenses do Vale Música se apresentam, em Brasília, pelas comemorações dos 40 anos de relação entre Brasil e China

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A apresentação será nesta quinta-feira (17/7), às 20h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, local do encontro cultural da celebração pelos 40 anos da parceria entre o Brasil e a China. Além da Orquestra de Violino, o evento contará também com os concertos da Orquestra Sinfônica de Zhejiang e da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília. O cantor Paulino da Viola também vai se apresentar como convidado especial do evento.

foto_Orquestra_de_violinos_II_2

A Orquestra de Violino Vale Música é composta por 12 musicistas, com idades entre 16 e 19 anos, que integram o projeto social Vale Música, desenvolvido há dez anos em Belém pela Fundação Vale, com a parceria da Fundação Amazônica de Música.

O concerto dos violinistas paraenses terá a participação especial de  Ana Maria Adade ao piano. No repertório, Garota de Ipanema, de Tom Jobim; Brasileirinho, de Waldir Azevedo e a canção tradicional chinesa “Mo Li Hua”, que significa Flor de Jasmim. O arranjo, produzido especialmente para violino, é do russo Serguei Firsanov, professor de música, que há nove anos atua no projeto, em Belém. A regência e a coordenação do concerto paraense são do professor Ronaldo Sarmanho.

A Orquestra de Violino é uma das formações musicais do Vale Música.  Criado pela Fundação Vale, o programa foi implantado em Belém, no ano de 2004, em parceria com a Fundação Amazônica de Música. A iniciativa privilegia a linguagem universal da música e seus reflexos tanto no desenvolvimento humano ou social, quanto na geração de trabalho e incremento de renda.

Os estudantes participam das diversas fases do projeto, desde a iniciação musical, com canto-coral, passando pela Banda de Percussão e pela Orquestra de Violinos até chegar à Orquestra Jovem Vale Música. Esta etapa é considerada a última e mais avançada dentro do projeto, quando o aluno caminha para a sua profissionalização.

O Vale Música beneficia atualmente cerca de 200 crianças e jovens, entre 7 e 21 anos, oriundos da rede pública de ensino da Grande Belém.

Além de Belém, o Vale Música está implantado em Serra, Espírito Santo. Na capital paraense o projeto funciona na sede da Fundação Amazônica de Música, na Avenida Magalhães Barata.

1 comentário em “Jovens paraenses do Vale Música se apresentam, em Brasília, pelas comemorações dos 40 anos de relação entre Brasil e China

  1. SENNA Responder

    …E nós temos tanta dificuldade de desenvolver um projeto de iniciação musical nas escolas estaduais. E a Fundação Carlos Gomes como anda?

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: