Internos do Sistema Penal terão vídeo-visita para se comunicar com familiares

O mecanismo disponibilizado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária começa a funcionar a partir desta quinta-feira e visa manter o laço entre os presos e familiares sem que haja contato físico
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
O mecanismo de vídeo-visita começa por Belém e será estendido ao interior do Estado (Foto: Ascom Seap)

Continua depois da publicidade

Os internos do Sistema Penal do Pará terão a disposição a partir desta quinta-feira, 30 de abril, o mecanismo de vídeo-visita, para se comunicar com seus familiares. O sistema adotada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) visa garantir a laço dos presos com seus familiares sem que haja contato físico.

A medida objetiva garantir saúde dos que compõem o Sistema Penitenciário do Pará, por conta do Coronavírus, e dá aos custodiados mecanismos para manter contato com a família, já que as visitas presenciais estão suspensas devido a pandemia. Para ter acesso ao serviço, os familiares passam por um cadastro virtual e a Seap estabelece dia e horário para que estes compareçam a unidade prisional.

Segundo a Seap, haverá uma cabine onde os internos estão custodiados, com tela e câmera, não havendo qualquer forma de aglomeração e contato físico. As vídeo-visitas contemplarão, neste momento, os custodiados do Complexo Penitenciário de Santa Izabel e Centro de Reeducação Feminino, de Ananindeua, sendo, posteriormente, expandidas para as demais unidades da Região Metropolitana de Belém e do interior.

Para acessar o mecanismo, os familiares devem fazer a inscrição pelo email cadastrovirtual@gmail.com ou pelos telefones (91) 98896-5010 e (91) 98549-2519.