Homem é preso preventivamente por estupro cometido em 2015

Ele foi denunciado por estar armado promovendo desordem na vizinhança, mas a denúncia foi só uma dica para que a polícia chegasse até o acusado e o prendesse
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por volta das 21h20 de ontem, domingo (3), uma equipe da Polícia Militar prendeu e conduziu à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, nacional Idenildo da Silva Sousa, 38 anos. Ele é acusado de estupro e foi preso em casa, na Travessa Nicodemos, Bairro Betânia.

A polícia chegou até Idenildo por meio de denúncia dando conta de que no endereço informado um indivíduo estava portando uma arma de fogo e ameaçando a vizinhança. No endereço indicado os policiais identificaram um homem com as caraterísticas informadas, mas ele não estava armado nem provocando desordem.

Porém ao identificá-lo e pesquisar o nome dele no Infoseg (Sistema Nacional de Informações de Segurança pública), os policiais militares descobriram que contra Idenildo havia um mandado de prisão preventiva expedido em abril de 2018, por um crime de estupro cometido por ele em 2015. Ele também tem contra si outro processo por crime de trânsito, este cometido em 2019.

(Caetano Silva)