Helder Barbalho autoriza pavimentação da TransCarajás a partir de Canaã

Obra custará cerca de R$ 28 milhões e interligará Canaã à Vila São José (Pontão do Araguaia), na fronteira do estado do Tocantins
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um dos sonhos mais  antigos do sudeste paraense, a conclusão do projeto de pavimentação da Rodovia TransCarajás, começou  a se tornar realidade neste sábado (7), em Canaã dos Carajás. Em agenda de trabalho no sudeste do Pará, o governador Helder Barbalho deu início às obras de construção e asfaltamento da  rodovia, detalhando que a obra, que ocorre em Canaã dos Carajás, trará benefícios para os moradores de toda a região.

Outros trechos da TransCarajás também devem receber obras no  trecho que interligará a Vila São José até o Pontão do Araguaia, chegando até a fronteira com o estado do Tocantins (TO). “É uma obra estratégica para fortalecer e aproximar Canaã, Parauapebas, a PA-275, toda esta região. E vamos avançar também com as obras para a TransCanadá, para poder interligar a partir de Água Azul do Norte até a 279, com a PA-275,” destacou.

O trecho inicial da obra  de pavimentação da PA-160 compreende quase 27 quilômetros de extensão, iniciando do município de Canaã dos Carajás até o entroncamento da BR-155 (Posto 70). O valor do investimento é superior a R$ 28 milhões, com prazo de execução dos serviços em 12 meses. 

O ato contou com a presença do secretário de estado de Transportes, Adler Silveira. “Essa rodovia vai permitir que toda esta região ganhe desenvolvimento, que ocorra a redução do valor dos fretes e que garanta mais acessibilidade ao transporte das pessoas”, ressaltou Silveira.

A PA-160, atualmente, interliga os municípios de Canaã dos Carajás e Parauapebas. Com a obra, a rodovia, que hoje tem 77,6 quilômetros de extensão, passará a ter mais de 120 quilômetros e ligará o município de Parauapebas, acessado pela PA-275, à BR-155 no município de Xinguara.

Para quem vive na região, a obra é sinônimo de desenvolvimento. O agricultor Fábio Loyola conta que, há 35 anos, a região era próspera também na produção de grãos. “Aqui a gente produzia arroz, milho e feijão, mas sem ter estrada para escoar a produção de grãos, a região  passou a concentrar a produção mais na bacia leiteira, que é  mais fácil transportar. E com certeza com a estrada boa voltaremos a produzir mais e transformar a nossa região em um celeiro de grãos,” disse.

Participaram ainda do ato da cerimônia, a prefeita de Canaã dos Carajás, Josemira Gadelha; o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen; o prefeito Vandinho, de Água Azul do Norte; Dr. Celso, prefeito de Tucumã; Claudio Mariano, prefeito de Sapucaia, entre outras autoridades e lideranças da região.