Governo Darci compra 20 respiradores para leitos de UTI da Covid

Dez equipamentos já estão em Parauapebas sendo calibrados e outros dez devem chegar até fim de semana. Serão instalados nos leitos da ala da Covid no Hospital Geral de Parauapebas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Parauapebas contratou direta e emergencialmente no apagar das luzes de abril uma empresa para fornecer respiradores mecânicos diante da alta demanda por internações de pacientes acometidos pelo novo coronavírus na capital do minério. A dispensa de licitação, no valor de R$ 2,6 milhões, será custeada com recursos do Fundo de Saúde gerido pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

O extrato do contrato de número 20200219 foi publicado na edição desta segunda-feira (4) do Diário Oficial da União (DOU) e pode ser conferido aqui. Por meio dele, a Semsa está comprando respiradores mecânicos para equipar leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da ala Covid, do Hospital Geral de Parauapebas (HGP). A empresa Máxima Distribuidora de Medicamentos é quem fornecerá os equipamentos, a qual, aliás, já tem prestado serviços à administração local no ramo de materiais de higiene, limpeza e esterilização hospitalar.

Na manhã desta segunda, a prefeitura disponibilizou parte do processo no portal da transparência (veja aqui), mas ainda não reportou a documentação sobre quantos respiradores estão sendo adquiridos pelos R$ 2,6 milhões contratados. Ainda assim, o Blog do Zé Dudu apurou que são 20 respiradores, dez dos quais já estão em Parauapebas sendo calibrados para serem instalados e outros dez devem chegar até este final de semana.

De acordo com a Comissão Permanente de Licitação (CPL), o contrato emergencial tem duração até 14 de junho. Essa medida se soma a outras ações já implementadas pelo governo municipal para enfrentamento à Covid-19, como a compra direta de testes rápidos para detecção e tratamento de casos suspeitos de coronavírus.

Atual cenário em Parauapebas

Parauapebas tem, segundo o último Boletim Epidemiológico, divulgado na tarde do domingo (03), 200 casos confirmados através de exames de contaminação pelo novo coronavírus. Destes, 19 pacientes estão internados; 95 estão em isolamento domiciliar, 71 pacientes foram recuperados e receberam alta; 15 pacientes evoluíram a óbito. Segundo a Semsa, o município tem ainda 70 casos em investigação. Outros 225 casos foram descartados após exames.

Publicidade