Em Parauapebas, consumidor inicia 2016 pagando mais caro no litro da gasolina

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O parauapebense iniciou o ano pagando mais caro no valor do combustível. O aumento de 5,5% na gasolina e 9% no etanol foi autorizado pelo governo e passou a valer no dia 1º de janeiro de 2016. Em Parauapebas, ainda é possível encontrar o litro da gasolina no valor de R$ 4,19, mas em alguns postos chega a R$ 4,32. 

Para quem utiliza o carro todos os dias como meio de transporte, o aumento vai influenciar na rotina. A contadora Adriana Cavalcante mora no bairro Nova Carajás e trabalha no centro de Parauapebas, seus gastos com gasolina são de aproximadamente R$ 400 por mês. Com o aumento, ela conta que terá que procurar outros meios de chegar ao trabalho.

“Esse aumento interfere diretamente no planejamento familiar. Iniciar o ano pagando mais caro a gasolina, a mensalidade e material escolar é muito difícil. Temos que procurar estratégias para superar essas dificuldades. Vou comprar uma moto para chegar ao trabalho”, declara a contadora.

O bancário João Cláudio Mendes se antecipou e trocou o carro pela moto ainda em dezembro de 2015. “Com esses sucessivos aumentos no preço da gasolina não daria conta de continuar utilizando o carro todos os dias, por isso, resolvi mudar para a moto. Já consigo sentir a economia na hora de abastecer”, afirma.

Publicidade