Em Eldorado, prefeita Iara Braga investe em conforto para estudantes

Administração local também busca fornecedores de produtos de panificação, para atender as demandas internas das pastas; e peças e acessórios de informática, para modernizar prefeitura
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Se depender da gestão de Eldorado do Carajás, os alunos da rede pública municipal vão iniciar o ano letivo de 2022 com mobiliário novo. É que a prefeitura está programando ir às compras do chamado “conjunto do aluno” (cadeira e mesa escolar) na segunda semana de janeiro. Um registro de preços originário de pregão eletrônico está marcado para o próximo dia 11 com custo estimado em R$ 314 mil. As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu.

A ideia do governo de Iara Braga é comprar 1.439 conjuntos, cada um ao custo estimado de R$ 218,05, e com isso beneficiar cerca de 40% dos estudantes da rede municipal, visto que um mesmo conjunto poderá ser utilizado em dois ou três turnos escolares. Atualmente, a rede pública municipal possui cerca de 7 mil estudantes.

Segundo a Prefeitura de Eldorado do Carajás, a aquisição do mobiliário vai atender as necessidades cotidianas da rede pública municipal e servirá, sobretudo, para garantir o bom funcionamento das unidades de ensino, proporcionando conforto a alunos e professores e aumentando a eficiência no processo de ensino e aprendizagem da rede.

E essa não será a única iniciativa do governo de Iara na segunda semana do ano novo. No dia 12 de janeiro, será iniciada a caçada ao fornecedor de produtos de panificação. Pelo menos 25 itens — entre pães, biscoitos, bolos e salgados, ao custo estimado de R$ 697 mil — devem ter preços registrados para serem comprados conforme demanda e necessidade das secretarias interessadas.

Modernização tecnológica

Para fechar a segunda semana de 2022, a administração de Iara Braga vai às compras de computadores, peças e periféricos de informática, ao custo orçado em R$ 2,22 milhões. São, ao menos, 65 itens que vão modernizar os serviços de diversos órgãos da prefeitura e otimizar a prestação de serviços à comunidade.

Vale ressaltar que a prefeita de Eldorado encontrou no início deste ano a “casa” — isto é, o município — desorganizada e com as finanças debilitadas. Ela autorizou a contratação de uma consultoria contábil e tributária para recuperar créditos e fazer a receita prosperar.

Deixe seu comentário

Posts relacionados