Dívida da Vale com o município de Parauapebas já beira a casa de 1 bilhão de reais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A aproximação do PT local com o PMDB tem produzido várias reflexões nas rodas de cientistas políticos parauapebenses. A derradeira notícia produzida por aquela prestigiada classe dá conta que essa “união” teria como desígnio revigorar a cobrança que a Prefeitura Municipal de Parauapebas vem fazendo junto a Vale para que liquide o seu débito com o município, que, segundo informações da SEFAZ, estaria hoje em torno de um bilhão de reais.

Para tanto, os cientistas políticos de plantão, alegam que o prefeito Darci Lermen (PT) conta agora com o forte apoio de José Sarney, presidente do Senado e de Edison Lobão, ministro de Minas e Energia, ambos imbuídos no prélio para receber da Vale. A empresa contesta judicialmente a importância cobrada. Não há previsão de acordo até o momento. 

Publicidade