Dono de bar em que funcionava boca de fumo preso pela Polícia Militar

O comerciante foi denunciado por um popular a uma guarnição que fazia ronda pelo Bairro Vila Rica
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Cleudiene Soares, 50 anos, foi preso ontem, segunda-feira (14), por volta das 20 horas, no próprio bar, pela Polícia Militar, no bairro Vila Rica. Ele é acusado de posse ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes. No comércio, os policiais militares encontraram 11 papelotes de maconha, prontos para a comercialização, um tablete de mesma droga, uma garrucha de fabricação caseira, 20 munições de diversos calibres, um recipiente com pólvora, R$ 84,00 e um telefone celular.

O acusado negou ser o dono da droga, mas não explicou como a maconha foi parar no bolso dele e na panela de pressão na qual a maconha foi encontrada.

A guarnição de policiamento em motos estava em ronda pelo Vila Rica quando um homem foi ao encontro dos policiais e denunciou que na Rua Espanha, em um bar, funcionava uma boca de fumo. No local, a guarnição flagrou Cleudiene, também conhecido como Nego Bida, com as 11 trouxinhas de maconha no bolso. Em busca no interior do estabelecimento, os PMs encontraram mais droga e os demais objetos apreendidos. O acusado e o entorpecente foram conduzidos até a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil onde ocorreram os procedimentos legais.

(Caetano Silva)

Publicidade