Dom Eliseu compra materiais de expediente e EPIs para enfrentar Covid-19

Contratação da Exata Medicamentos, por R$ 595 mil, foi por dispensa de licitação e Assessoria Jurídica atesta legalidade. A prefeitura vai adquirir itens como máscaras, luvas e álcool em gel.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, prefeituras estão a mil por hora, aproveitando decretos de calamidade pública para fazer contratações de produtos e serviços por meio de dispensa de licitação. A mais nova delas que chegou ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) é do governo de Dom Eliseu, onde a administração local já escolheu uma empresa para fornecimento de materiais de higiene, limpeza e equipamentos de proteção individual (EPIs) sob alegação de “enfrentamento da emergência de saúde pública”.

O Blog do Zé Dudu apurou que estão sendo comprados máscaras descartáveis, luvas, toucas, aventais, macacões e óculos de segurança e álcool em gel. Em parecer, a Assessoria Jurídica da Prefeitura de Dom Eliseu diz não ver obstante para a realização do procedimento, o qual, segundo o órgão, está dentro da legalidade.

Publicidade