Notícias

Deputado João Salame não é mais o vice-líder do governo na ALEPA

O deputado estadual João Salame Neto (PPS) protocolou ofício na última quinta-feira (22) no Gabinete do governador do Estado do Pará, Simão Jatene, entregando a vice-liderança do governo da Assembleia …

Deputado João Salame PPS O deputado estadual João Salame Neto (PPS) protocolou ofício na última quinta-feira (22) no Gabinete do governador do Estado do Pará, Simão Jatene, entregando a vice-liderança do governo da Assembleia Legislativa do Pará, assim como colocou à disposição alguns cargos por ele indicados na estrutura de governo em Marabá.

A decisão do deputado João Salame se deve ao fato do governador ter se colocado de forma muito contundente em favor do NÃO no plebiscito recentemente realizado para decidir sobre a divisão do Pará. Tal fato gerou atritos políticos da Frente do SIM com Simão Jatene, que se posicionou contra o sonho de carajaenses e tapajônicos. Para Salame, diante desse contexto seria incoerente permanecer como vice-líder do Governo.

João Salame é natural de Marabá. Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás e com cursos de especialização em Filosofia e Economia Política foi eleito para a Assembleia Legislativa do Pará em 2006 onde ocupou a primeira vice-presidência da Casa. Como publicitário, João Salame coordenou as campanhas dos quatro últimos prefeitos eleitos de Marabá (Haroldo Bezerra, Geraldo Veloso (duas vezes) e Tião Miranda). Há 12 anos fundou o Jornal Opinião, em Marabá.

A carta ao Governador:

Senhor Governador,
A par de cumprimentá-lo, serve o presente para comunicar a Vossa Excelência minha renúncia à função de Vice-Líder do Governo na Assembleia Legislativo do Pará.
Os recentes acontecimentos políticos envolvendo o Plebiscito sobre a Divisão do Estado tornam insustentável continuar nessa função. Não lhe entreguei o cargo durante o plebiscito e no momento imediatamente posterior para não criar nenhum factoide que esgarçasse ainda mais nossas relações. Permanecer na função, no entanto, seria demonstrar apego demais por cargos, o que não coaduna com minha história de lutas em defesa de uma sociedade mais justa e da ética na política.
Nesta oportunidade quero deseja a Vossa Excelência e à sua família um Natal com muita paz e saúde e um Ano Novo repleto de realizações.
Atenciosamente,
JOÃO SALAME
Deputado Estadual

11 comentários em “Deputado João Salame não é mais o vice-líder do governo na ALEPA

  1. Alex Sandro Responder

    Aqui temos pessoas q nao se vendem por qq Bagatela ,nao troca seu voto por um prato de açai e um tecnobrega enquanto depois de encher a barriga e dançar acorda na miseria e depois morre na porta do hospital !!!

    Sim a Carajás sempre

  2. WAGNER FELIPE Responder

    Michel, você viu o resultado nas Urnas, vc acdredita que esta quantidade de votos a favor da divisão do Pará, seja realmente meia duzia de Politicos? respeite a população destas regiões, Agora sim vc deve ter votado no Jader para Senador! BURRO!!

  3. Mozarildo Quintanilha Responder

    Agora só falta o Salame renunciar ao mandato, nem ele nem Lira Maia, nem Giovanni Queiróz, nem nenhum deputado separatista tem moral pra representar o estado do Pará. Aliás, todos são persona non grata ao nosso Estado.

  4. Luana Responder

    Michel, nós não estamos lutando apenas para ter um governo meia-boca fazendo ações pontuais para ocupar espaço na mídia e fingir que governa para todos, quando o plesbiscito mostrou de forma contundente que o governo do Estado, que investe mais de 80% do orçamento em Belém e Região Metropolitana, nunca esteve preocupado, não está preocupado e nunca estará preocupado com a população que reside no Carajás e Tapajós.
    Nossa luta é muito maior do que isso. Queremos a emancipação, governar nosso destino, termos nossa bandeira, nosso hino, nossa cultura, nossos costumes, enfim, formar nosso Estado. O ESTADO DO CARAJÁS.
    Imagino, também, que o sonho do Tapajós não tenha morrido e que os objetivos daquele povo seja o mesmo.
    Então, a saída do Salame me deixou contente porque demonstrou coerência e indica que a luta vai continuar e começa pela eleição de representantes comprometidos com o sonho do Carajás.
    Deste modo, como o lider da Frente Pró-Carajás poderia continuar apoiando um governo que não teve palavra nem para manter a sua posição de neutralidade no plebiscito e ainda se dedicou a adotar medidas destinadas apenas a criar esperanças de arrecadação, com o fim de iludir o povo desinformado da sua própria região e garantir-lhes o voto?
    Parabéns João Salame e a todos os demais políticos que tiveram a coragem de lutar por nosso sonho.

  5. Michel Tavares Responder

    SALAME E O RESTO DOS SEPARATISTA KD VCS… PORQUE SE CALARAM …. A LUTA CONTINUA PARA A MELHORIA SO SUL DO PARÁ OU AGORA VÃO FICAR NOS SEUS CABINETES … JA Q NÃO CONSEGUIRAM CRIAR + CARGOS POLÍTICOS COM A DIVISÃO DO PARÁ.

    ISSO MOSTRA Q A DIVISÃO SO IA FAVORECER MEIA DUZIA DE POLITICO….

    • Zé Dudu Autor do postResponder

      Michel, traga um pouco de conteúdo ao debate. Você pode mais menino! A pergunta não é onde estão os separatistas e sim onde está o governo que inexiste no Carajás e Tapajós.

  6. Rodrigues Responder

    Zé.
    O Salame, mais uma vez demonstra seu compromisso com uma causa, causa essa que é de todos, mostrando que não é apegado a cargos isolados. Esse deputado tem futuro! Zé falando em deputado onde andas o Tião, em Marabá ele anda preocupado com o Salame.

  7. VICTOR HAÕR Responder

    TEMOS QUE COMEÇAR A TRABALHAR UM NOME PARA REPRESENTAR AS REGIÕES DO TAPAJÓS E CARAJÁS PARA LANÇAR COMO GOVERNADOR PARA AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES NO PARÁ, E O NOME DO SALAME ESTÁ EM EVIDENCIA, TANTO AQUI QUANTO EM TAPAJÓS, E SE CREDENCIA PARA SER ESSE NOME. VAMOS LÁ… A LUTA NÃO PODE PARAR.

Deixe seu comentário