Covid-19 pode já ter alcançado 1,5 milhão de paraenses entre maio e setembro

Números divulgados nesta sexta pelo IBGE revelam que 752 mil pessoas no Pará já testaram positivo para Covid, triplo das 245 mil confirmações divulgadas ontem pelo Governo do Estado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um levantamento divulgado nesta sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sugere que um em cada seis paraenses já podem ter sido infectados por coronavírus e adoecido de Covid-19 entre maio e setembro, período de abrangência da pesquisa. Isso porque, de acordo com o instituto, 1,466 milhão de paraenses apresentaram sintomas conjugados associados à Covid, independentemente de terem buscado atendimento médico. O IBGE considera como sintomas conjugados aqueles que são clássicos da doença, como perda de cheiro ou sabor; febre e dificuldade para respirar; tosse e dor no peito.

As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu, que analisou os microdados divulgados pelo órgão de estatística nacional e concluiu que, se for levada em conta a manifestação de apenas um dos sintomas da Covid na população, o número de paraenses acometidos pela doença vai a 4,026 milhões, 46% do total de habitantes. Nesse recorte, só o Amapá teria proporção maior de moradores alcançados pela Covid, já que, segundo o IBGE, entre maio e setembro, 521 mil amapaenses tiveram algum dos sintomas indicativos da infecção por coronavírus, o que corresponde a 60% da população.

No caso do Pará, e considerando-se os sintomas associados, o potencial de alcance da doença está em queda. Em maio, auge da pandemia por aqui e a partir de quando o IBGE começou a fazer a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) específica para a Covid, 875 mil paraenses teriam adoecido, número que despencou para 274 mil em junho. No mês de julho, o total de doentes era 140 mil, contingente que decresceu para 121 mil em agosto e, em setembro, caiu para 56 mil.

Segundo o IBGE, dos quase 1,5 milhão de paraenses que reportaram sintomas conjugados associados à Covid-19, apenas 508 mil procuraram atendimento médico. Entre julho e setembro, 2,231 milhões de paraenses fizeram testes para infecção por coronavírus no estado e 752 mil teriam testado positivo, três vezes mais que o dado oficial do Governo do Estado, que contabilizou até ontem (23) pouco mais de 245 mil testes positivos — e isso desde março, quando os primeiros testes começaram a ser feitos. O número de cidadãos paraenses com comorbidades e que testaram positivo para Covid-19 chegou a 205 mil.