Coronavírus já movimentou quase R$ 5 milhões em licitações nas prefeituras do Pará

Maioria dos processos identificados pelo Blog é dispensa de licitação, com valores que partem de R$ 14 mil e vão perto de R$ 1 milhão. Compras de cestas básicas e testes rápidos lideram.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um levantamento realizado nesta sexta-feira (10) pelo Blog do Zé Dudu no mural de licitações do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) identificou uma dúzia de processos licitatórios cujo objeto está direta e nominalmente ligado à pandemia do novo coronavírus. As contratações foram feitas por oito prefeituras e a esmagadora maioria dos processos — dez exatamente — são dispensas de licitação, com valores que vão de R$ 14 mil a quase R$ 1 milhão.

O Blog foi às contas e calculou que, ao todo, a intenção de compra dos 12 processos para enfrentamento à Covid-19 soma R$ 4.848.226,69. Nove das contratações já foram realizadas, segundo informado pelos gestores ao TCM, sendo que duas foram suspensas — na verdade uma delas foi substituída. A maior parte dos processos é para aquisição de cestas básicas com a finalidade de distribuição a pessoas em situação de vulnerabilidade e a trabalhadores informais, que perderam renda diante das medidas de isolamento social impostas pelo Governo do Estado e pelos próprios municípios.

Salinópolis solta três dispensas no mesmo dia

Em tempos de isolamento social, a Covid-19 está aquecendo a chama das licitações e emplacando diversos processos quase sempre alheios ao conhecimento dos cidadãos a quem os produtos e serviços se destinam.

Publicidade