Conferência vai debater políticas públicas para mulheres no Pará

O evento, que será realizado nos dias 29 e 30 deste mês, também objetiva eleger as organizações representantes da sociedade civil no Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres para o período 2020/2023
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) vai realizar, nos próximos dias 29 e 30 de novembro, a VI Conferência Estadual de Política para as Mulheres, que tem como objetivo avaliar e implementar as políticas públicas direcionadas às mulheres do estado e também eleger as organizações representantes da sociedade civil no Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres (CEDM) para o período 2020 a 2023. O evento vai ser realizado Centro Cultural e Turístico Tancredo Neves (Centur), em Belém.

A Conferência, que está sendo organizada pela Coordenadoria de Integração de Políticas para as Mulheres, vinculada à Diretoria de Cidadania e Direitos Humanos, da Sejudh, com o apoio Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres, deve reunir 350 mulheres representantes das 12 regiões de integração do estado, que figuram o poder público municipal e os diversos segmentos da sociedade civil, como negras, quilombolas, parteiras, pescadoras, marisqueiras, indígenas, ribeirinhas, coletoras das florestas e de comunidades tradicionais. Na oportunidade, serão colocadas em pauta todas as necessidades de políticas públicas que correspondam aos anseios das mulheres que vivem no Pará.

O Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres foi criado por meio da Lei 5.671/1991, e que foi alterada pela Lei 6.681/2004, tem como missão deliberar, orientar e normatizar a política estadual dos direitos da mulher, propondo-se a ser um centro permanente de debates entre vários setores da sociedade.

Tina DeBord