Caso Fabbllu: o Blog errou!

Reconhecendo o erro, o blog publica retratação e se desculpa com os envolvidos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Prezando sempre pelo bom jornalismo, e pela verdade acima de tudo, o Blog do Zé Dudu vem a público se retratar em relação à matéria publicada no dia 13 de abril sob o título “Caso Fabbllu: juiz indicia testemunhas por omissão de socorro“.

Acontece que o blog, de forma equivocada, afirmou que “o juiz titular da 3ª Vara Criminal de Marabá recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério do Estado do Pará, que pediu a condenação, por omissão de socorro (Artigo 135 do Código Penal Brasileiro), das sete pessoas que testemunharam a morte de Fabbllu Ohara de Lima Gonçalves, ocorrida na noite de 29 de janeiro deste ano, em Marabá”, quando, na verdade, sequer houve pedido formulado pelo Ministério Público contra os citados na matéria envolvendo omissão de socorro ou homicídio.

O MP solicitou apenas que fosse marcada uma audiência para que aos citados fosse oferecido algum tipo de benefício processual, como por exemplo a transação penal sobre o crime de omissão de socorro. Tal pedido foi indeferido pelo juízo da 3ª Vara Criminal de Marabá sob a alegação de que não é competente para processar “crimes de menor potencial ofensivo”.

Portanto, o Blog esclarece que os senhores Gabriel Leonardo de Menezes Ribeiro, Ygor Bandeira Bogea, Lucas Almeida Gonçalves, Samy Lima Chamon e Moisés Lourenço Pereira nada devem à justiça em relação ao que foi mencionado na matéria.

Certo de que o equívoco tenha sido esclarecido, o blog se desculpa com os leitores e com os que equivocadamente foram envolvidos na matéria.

Publicidade